Champions League: Bayern e Liverpool apuram-se para os quartos de final | NOTÍCIAS | DW | 09.03.2022

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Champions League: Bayern e Liverpool apuram-se para os quartos de final

O Bayern e o Liverpool são as primeiras duas equipas já apuradas para os quartos de final da Liga dos Campeões. O Bayern eliminou o RB Salzburg com um agregado de 8-2. O Liverpool afastou o Inter por 2-1, no agregado.

O representante alemão e atual líder da Bundesliga, o Bayern de Munique foi responsável, na terça-feira (08.03), por uma goleada das antigas frente ao RB Salzburg da Áustria, por 7-1.

Com um "hat-trick" de Robert Lewandowski (12', 21' e 23'), um "bis" de Thomas Müller (54' e 83') e golos de Serge Gnabry (31') e Leroy Sané (85'), o campeão alemão passeou à vontade diante do campeão austríaco.

Maurits Kjaergaard (70') marcou o tento de honra dos Red Bulls da Áustria, insignificante perante a extraordinária exibição dos bávaros.

Com esta remontada, o Bayern de Munique transitou para a fase seguinte com o agregado de 8-2, sendo que o jogo da primeira mão, realizado em Salzburg, terminou com um empate a uma bola.

Champions League FC Bayern München vs FC Barcelona

Bayern 8 - Barcelona 2, a maior goleada de sempre dos bávaros na Champions

Apetite pelas goleadas

O Bayern tem um histórico de goleadas na Liga dos Campeões. O recorde da maior goleada de sempre na história da competição é detido pelos bávaros, num jogo dos quartos de final - 8-2 impostos em 2019 ao Barcelona durante uma partida realizada no Estádio da Luz, em Lisboa.

Em oitavos de final, houve mais goleadas. A de terça-feira foi a terceira com sete golos. Em 2012, num jogo da segunda mão dos oitavos, o Bayern recebeu e cilindrou o FC Basileia da Suíça por 7-0. Três anos mais tarde, também jogando em casa, os bávaros venceram o Shakhtar Donetsk da Ucrânia pelo mesmo placard, 7-0.

Robert Lewandowski líder dos goleadores 

Com o "hat-trick" apontado diante do RB Salzburg, o artilheiro do Bayern de Munique, Robert Lewandowski (33 anos),  passou a liderar a lista dos melhores de marcadores da presente temporada da Liga dos Campeões, com 12 golos.

UEFA Champions League | Bayern München v FC Salzburg | Tor (3:0)

Robert Lewandowski, o melhor marcador

O polaco ultrapassou Sébastien Haller do Ajax, estreante na UEFA Champions League, que apontou até aqui 11 golos.

No entanto, Haller ainda tem a chance de voltar à liderança, na próxima quarta-feira, quando a sua equipa defrontar em Amesterdão o Benfica para a segunda mão dos oitavos de final. 

Embora diga que nunca sonhou em marcar tantos golos na estreia na Liga dos Campeões, Sébastien Haller não esconde a satisfação de estar entre os melhores marcadores da liga milionária: "Como atacante, marcar na melhor competição é a melhor sensação que se pode ter", afirmou.

Haller promete que não ficará por aqui. "A única coisa a fazer é jogar bem e ter um ritmo de jogo. Sei que ainda temos mais um jogo pela frente, vou tentar marcar mais".

Liverpool elimina Inter de Milão

Que grande susto tomou o Liverpool na noite de terça-feira em Anfield! E não é para menos - os "reds" vinham de uma vitória de 0-2 do jogo da primeira mão, realizado em Itália. 

Portugal Porto | Champions League | Mohamed Salah

Liverpool também segue para os quartos de final

Nesta época, os golos fora de casa não valem a dobrar, e o golaço de Lautaro Martínez, aos 62 minutos, no jogo de terça-feira, ameaçou as aspirações do Liverpool, que viu o Inter cada vez mais motivado à busca de um empate, que pudesse levar o jogo ao prolongamento. 

No entanto, a expulsão de Alexis Sáchez, aos 63 minutos, deixou o Inter reduzido a dez unidades e abriu espaço para o Liverpool gerir o resultado.

0-1 foi o resultado final na partida da segunda mão. Os "reds" carimbaram o passaporte para os quartos de final com o agregado de 2-1.

Desiludidos

No final da partida, o técnico do Inter, Simone Inzaghi, disse que a equipa saiu de Liverpool desiludida porque a "eliminatória foi equilibrada."

"Os dois golos nos 15 minutos finais da primeira mão foram decisivos", disse Inzaghi.

Ora, o Inter foi um osso duro de roer para o Liverpool, conforme reconheceu no final da partida o atacante egípcio, Mohamed Salah.

"O Inter foi um adversário difícil, mesmo na primeira mão, em que até ganhámos. O mais importante é que nos qualificámos", referiu.

Os "nerazzurri" quebraram um ciclo de 29 partidas do Liverpool sem perder jogando em casa. A última vez em que os "reds" perderam em Anfield foi há um ano, em março de 2021. 

Apesar do susto, o "reds" conseguiram a sua quarta passagem consecutiva para os quartos de final da UEFA Champions League em cinco edições.

Duelo de titãs

Esta quarta-feira à noite (09.03), todas as atenções do mundo do futebol estarão viradas para o embate entre o Real Madrid (Espanha) e o PSG (França). Sem dúvidas, um duelo de colossos.

Fußball | Champions League | Paris St. Germain - Real Madrid | Kilian Mbappe

PSG está um passo à frente

Os anfitriões entram em campo esta noite em desvantagem, depois da derrota por 1-0 no Parque dos Príncipes, no jogo da primeira mão.

"Não jogámos bem em Paris, mas estamos confiantes e temos fé de que podemos ter um desempenho muito melhor na noite desta quarta-feira”, disse Carlo Ancelotti, treinador do Real Madrid.

Por seu turno, os parisienses deslocam-se à capital espanhola para tentar conservar a vantagem e, ao apito final do jogo, garantir a passagem à fase seguinte, como garantiu em conferência de imprensa o técnico Mauricio Pochettino.

"A nossa responsabilidade é manter a vantagem trazida da primeira mão. Temos muito respeito pelo Real Madrid, um clube que já ganhou 13 títulos na UEFA Champions League. É algo que não acontece por acaso. Mas não temos medo", avisou Pochettino.

Noutra partida agendada para esta noite, o Manchester City recebe em Inglaterra o Sporting de Portugal.

A equipa de Pep Guardiola já tem quase a passagem para os quartos de final garantida, tendo em conta que venceu o jogo da primeira mão em Lisboa por expressivos 0-5.

Gazprom: A influência russa na economia do futebol europeu