Tottenham & Liverpool: Os caminhos para a final da ″Champions″ | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 09.05.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Tottenham & Liverpool: Os caminhos para a final da "Champions"

É apenas a 2ª final da história da competição, disputada por duas equipas inglesas. A primeira foi há 11 anos. Na altura, o Manchester United, com Cristiano Ronaldo, venceu o Chelsea nas grandes penalidades.

Jürgen Klopp abraçado ao capitão do Liverpool, Jordan Henderson

Jürgen Klopp abraçado ao capitão do Liverpool, Jordan Henderson

Tottenham e Liverpool vão disputar a final da Liga dos Campeões 2018/19. É apenas a 2ª final da história da competição, disputada por duas equipas inglesas. A primeira foi há 11 anos. Na altura, o Manchester United, com Cristiano Ronaldo, venceu o Chelsea nas grandes penalidades. Façamos um resumo dos percursos de Tottenham e Liverpool, que irão coincidir a 1 de junho, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madrid.

Tottenham
Fase de grupos

Fußball Champions League - Tottenham Hotspur vs FC Barcelona

O Tottenham empatou em Barcelona q qualificou-se para os "oitavos"

O sorteio ditou que a equipa londrina ficá-se no grupo B, juntamente com Barcelona, Inter de Milão e PSV Eindhoven. Tottenham e Inter acabaram os seis jogos com o mesmo número de pontos (8) e diferença de golos (-1). No entanto, os ingleses passaram devido à diferença no confronto direto. Venceram em Inglaterra por 1-0, e apesar de terem perdido em Milão por 2-1, o golo fora valeu como vantagem.

Oitavos de final

UEFA Champions League Achtelfinale | Tottenham Hotspur vs. Borussia Dortmund | 3. TOR Tottenham

Llorente fez o 3-0 frente ao Borussia Dortmund

Depois da fase de grupos, a fase a eliminar. O Tottenham, 2º classificado do grupo B, apanhou pela frente o Borussia Dortmund, vencedor do Grupo A. Vitória expressiva dos ingleses no conjunto da eliminatória, por 4-0. 3-0 em Londres e vitória por 1-0 em Dortmund.

Quartos de final

Champions League Manchester City - Tottenham Hotspur

VAR anulou o 5-3 do Manchester City

Depois de um sinal de afirmação perante os alemães, o Tottenham encontrou um compatriota entre as oito melhores equipas da competição, o Manchester City. Pela frente, nada mais, nada menos, que o campeão inglês, comandado por Pep Guardiola.

Nesta eliminatória, destacou-se o sul-coreano, Son Heung-Min. O avançado de 26 anos foi o autor do golo da vitória, na 1ª mão, em Londres. Mas não ficou por aqui. Uma semana depois, no Etihad Stadium, Son voltou a brilhar. O Manchester City ganhou por 4-3, mas valeu os golos fora de casa do Tottenham. Son marcou dois golos e Llorente, avançado espanhol, fez o 4-3 e garantiu a passagem do Tottenham às meias-finais. O City ainda marcou muito perto do fim, mas o videoárbitro (VAR) anulou o golo por fora-de-jogo e prevaleceu a verdade desportiva.

Meias-finais

UEFA Champions League | Ajax Amsterdam vs. Tottenham Hotspur

Mauricio Pochettino saiu de Amesterdão em lágrima

Depois de ultrapassar o "tiki-taka" de Pep Guardiola, o Tottenham mediu forças com o Ajax, equipa senação da prova. Os holandeses haviam eliminado o Real Madrid, tri-campeão europeu e a Juventus, equipa onde atua Cristiano Ronaldo. A primeia mão, em casa, não correu bem e o Ajax venceu por 0-1. O Tottenham teria que marcar pelo menos dois para não precisar de tempo extra. No entanto, na Johan Cruijff ArenA, ao intervalo, o Ajax vencia por 2-0 (3-0 na eliminatória). Parecia ser uma missão impossível. Mas, em quatro minutos, um brasileiro de nome Lucas Moura, ressuscitou um Tottenham "morto" e fez dois golos, deixando os ingleses a um golo de eliminar o Ajax.

UEFA Champions League | Ajax Amsterdam vs. Tottenham Hotspur

Lucas Moura fez um "hat-trick" frente ao Ajax

O brasileiro não desistiu e foi o único capaz de criar perigo, até que, aos 90+6, fez o 2-3, completando um "hat-trick", numa noite em que inscreveu o nome na história do Tottenham. É a primeira vez que o clube londrino chega à final da Liga dos Campeões.

Liverpool

Fase de grupos

Os vice-campeões europeus e ingleses calharam em sorte no "grupo da morte", onde tiveram a companhia de PSG, Napoli e Estrela Vermelha. O foi tão equilibrado ao ponto que o Liverpool apenas conseguiu a qualificação para os oitavos de final, na última jornada, perante o Napoli. Ingleses e italianos acabaram com o mesmo número de pontos, diferença de golos e igualdade no confronto direto. No entanto, prevaleceu o maior número de golos marcados do Liverpool, nove contra os sete do Napoli.

Oitavos de final

Fußball | Champions League | Bayern München vs Liverpool Champions League

Vitória categórica por 1-3 em casa do Bayern Munique

Na abertura da época de caça, ou seja, do "mata-mata", a primeira vítima foi o hexacampeão alemão, Bayern Munique. Depois de um nulo em Anfield Road, o Liverpool foi a Munique vencer por categóricos 1-3. Dois golos de Mané e um de Van Dijk ditaram a passagem dos ingleses aos quartos de final.

Quartos de final

Champions League - Porto vs. Liverpool

Mané fez o primeiro golo do Liverpool no Dragão (1-4)

Seguiu-se o campeão português, o Futebol Clube do Porto. Um reencontro, depois do Liverpool ter eliminado os dragões nos oitavos de final no ano anterior, por esclarecedores 5-0. Ano novo, mas nada mudou. O Liverpool venceu em casa por 2-0 e foi ao Dragão e goleou o Porto por 1-4, (6-1 na eliminatória).

Meias-finais

Pela frente, o maior obstáculo da carreira de Jürgen Klopp. Para o técnico alemão, o desafio de uma vida. E assim foi. Na primeira mão, em Camp Nou, o Liverpool desperdiçou várias oportunidades de golo e saiu vergado a uma derrota pesada por 3-0, com Messi em grande destaque. O desafio parecia ter-se tornado uma missão impossível, mas não foi. Em Anfield Road, um estádio habituado a resultados históricos, viveu mais uma noite de glória. 4-0 ao Barcelona, com dois golos de Origi e Wijnaldum. O impossível foi possível e o Liverpool está pelo 2º ano consecutivo na final da Liga dos Campeões. Os "reds" vão tentar conquistar o título mais cobiçado do futebol europeu de clubes, pela sexta vez.

Leia mais