Premier League: Liverpool é campeão 30 anos depois | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 26.06.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Premier League: Liverpool é campeão 30 anos depois

O Manchester City perdeu em casa do Chelsea (2-1) e permitiu que os "reds" antecipassem a festa, a sete jornadas do fim do campeonato. Jürgen Klopp é o primeiro treinador alemão a vencer a Premier League.

Jürgen Klopp é o primeiro treinador alemão a conquistar a Premier League

Jürgen Klopp é o primeiro treinador alemão a conquistar a Premier League

Três decadas depois, o Liverpool sagrou-se campeão inglês. Na quinta-feira (25.06), o Manchester City perdeu em casa do Chelsea (2-1) e viu a equipa de Jürgen Klopp somar uma vantagem inquestionável de 23 pontos no topo da tabela, com sete jogos para jogar. Este Liverpool é o campeão mais rápido da história da Premier League. A última vez que os "reds" venceram o campeonato inglês (antes do formato da Premier League) foi em 1990, e é a 19ª vez que o clube ganha o título nacional, um a menos do que o Manchester United.

Na altura dos festejos, os adeptos dirigiram-se a Anfield Road e não houve distância social para os milhares que quiseram celebrar o fim do jejum. Foi um vulcão vermelho que entrou em erupção depois de 30 anos.

O primeiro treinador alemão a conquistar Inglaterra

Jürgen Klopp reagiu à conquista do título de campeão inglês pelo Liverpool. Em declarações à "Sky Sports", o treinador alemão, um dos principais responsável pela quebra do jejum de três décadas, dedicou o triunfo a Steven Gerrard, ex-capitão dos "reds" que nunca conseguiu vencer a Premier League, e a Kenny Dalglish, antiga glória e o último treinador a ser campeão pelo Liverpool antes do técnico alemão.

Fußball Liverpool Trainer Jürgen Klopp

Jürgen Klopp - treinador do Liverpool

"É inacreditável. Significa muito mais do possa imaginar. Saber o quanto o Kenny [Dalglish] nos apoiou, este título é para ele. Esperou 30 anos e também é para o Stevie [Gerrard]. Os rapazes admiram-vos e é fácil motivar a equipa por causa da nossa grande história", começou por referir Klopp.

"A noite de hoje é para os adeptos. Espero que fiquem em casa, é uma alegria ganhar isto por vocês. A pandemia não acabou e vimos o jogo no hotel, por isso vamos aproveitar o momento. Sabemos que é difícil para as pessoas conterem-se neste momento. Vamos desfrutar disto com os adeptos quando pudermos", concluiu o primeiro técnico alemão a conquistar o campeonato inglês.

Uma época de quebra de recordes

Este título do Liverpool pode ainda somar recordes do futebol inglês. Com 86 pontos e com sete jornadas para jogar, o Liverpool pode bater o recorde de pontos do Manchester City, que somou 100 pontos na época 2017/18.

A equipa de Klopp produziu uma das campanhas mais memoráveis da história da Premier League, acumulando 86 pontos com 28 vitórias, dois empates e uma única derrota em 31 jogos.

O domínio foi tão evidente, que, a certa altura, lideraram a Premier League com 25 pontos de avanço sobre o 2º classificado - uma diferença recorde na Premier League. Também ainda existe a possibilidade de se alcançar o maior número de vitórias numa época (o recorde é de 32), maior número de vitórias em casa (18), maior número de vitórias fora de casa (16) e a maior diferença pontual para o 2º classificado (19 pontos).

Como já mencionámos, este título, a sete jornadas do fim, representa o título de campeão inglês mais antecipado de sempre.

FC Liverpool Fans Meisterschaft Jubel

Milhares de adeptos em Anfield Road juntos em plena pandemia Covid-19

Trinta anos de angústia

O triunfo do Liverpool representa um enorme momento para os adeptos, que se habituaram ao sucesso nos anos 70 e 80. É verdade que, nos últimos 30 anos, o Liverpool venceu vários troféus: três FA Cup, quatro Taças da Liga, uma Taça UEFA, a Liga dos Campeões duas vezes - a última na época passada - bem como três Super-Taças e uma Taça do Mundo de Clubes. No entanto, desde que Kenny Dalglish levantou o último campeonato inglês em 1990, o Liverpool teve de suportar três décadas sem sucesso na liga, durante as quais o recorde de títulos foi batido e ultrapassado pelo rival Manchester United, que soma 20.

Nos últimos anos, o Liverpool voltou a reerguer-se no topo do futebol inglês, terminando em segundo lugar na Premier League quatro vezes.

Em 2018/19, acumularam uns impressionantes 97 pontos, perdendo apenas um jogo em toda a Premier League, mas tiveram a infelicidade de enfrentar uma equipa ainda melhor, o Manchester City, de Pep Guardiola, que venceu o título por um ponto de diferença. Foi a primeira vez que uma equipa com 97 pontos não venceu a Premier League.

Klopp levou "reds" do 10º lugar para o título

A chegada de Jürgen Klopp foi fundamental para a ascensão do Liverpool nas últimas temporadas. O alemão chegou a Anfield Road em outubro de 2015, na sequência do despedimento de Rodgers e com o clube no 10º lugar na Premier League.

Klopp chegou com um recorde de sucesso, tendo conduzido o Borussia Dortmund a dois títulos da Bundesliga e à final da Liga dos Campeões de 2013, e com uma reputação de jogo ofensivo rápido e de alta pressão, que descreveu como "futebol de heavy metal". As quatro épocas completas até à data renderam dois 4º lugares, um vice-campeonato e o tão desejado título da Premier League.

Fußball Champions League - Gruppe E - KRC Genk v Liverpool

Mohamed Salah e Sadio Mané

As ações inteligentes no mercado de transferências fazem também parte da chave do sucesso dos "reds", com Mohamed Salah e Sadio Mane a assinarem durante o reinado de Jürgen Klopp. Juntamente com Roberto Firmino, que chegou pouco antes de Klopp, o trio marcou um registo sensacional de 211 golos em menos de três épocas (92 para Salah, 65 para Mane e 54 para Firmino).

As chegadas do guarda-redes Alisson e do defesa central Virgil van Dijk foram também cruciais para o núcleo duro da defesa. Arnold e Robertson foram lançados e são já dos melhores laterais do mundo. Tudo junto e acrescentado a Jordan Henderson, capitão e um sucessor de Steven Gerrard no clube, o Liverpool criou uma equipa que domina o futebol inglês, e é campeão europeu e mundial de clubes.

Klopp é o único treinador do Liverpool, desde que Dalglish deixou o clube (incluindo o próprio escocês durante uma segunda passagem entre janeiro de 2011 a maio de 2012), com uma percentagem de vitórias acima dos 60%.

Leia mais