Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo: quem é o melhor jogador do século XXI? | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 06.12.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo: quem é o melhor jogador do século XXI?

Uma rivalidade de dez anos está agora desempatada, com vantagem para Messi, depois de receber a sua sexta Bola de Ouro. Mas tudo somado, quem é melhor?

Na luta pelo privilégio de se poder chamar de melhor do mundo em 2019, Lionel Messi bateu Van Dijk e deixou Cristiano Ronaldo para trás para conquistar a sexta Bola de Ouro da carreira. Um marco apenas superado por um jogador, o melhor do século passado, Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido por Pelé.

Lionel Messi arrecadou os dois prémios individuais mais conceituados do futebol mundial: o "The Best", entregue pela FIFA, órgão que tutela o futebol mundial, e a "Ballon d'Or", prémio entregue pela France Football, a publicação desportiva mais respeitada no mundo do futebol.

A eleição do melhor jogador do mundo levanta sempre dúvidas. Como classificar um jogador como melhor que todos os outros? Pelos troféus coletivos? Pelos golos? Pelas assistências? Pelas fintas?

Messi foi tudo isso em 2019. O capitão do Barcelona apresenta os seguintes números:

  • 46 golos em 54 jogos;
  • 17 asssistências;
  • Bota de Ouro (36 golos)
  • Vencedora da "La Liga"
  • Melhor Marcador da "La Liga"
  • Jogador do Ano em Espanha
  • Melhor Marcador da Liga dos Campeões;
  • Avançado do Ano UEFA
  • Melhor "Número 10" do Ano
  • 11 inicial da equipa do Ano FIFA
Fußball | Champions League Group Stage

Van Dijk (ao centro) foi considerado o melhor jogador da Europa na gala da UEFA.

Messi venceu a Bola de Ouro com 686 pontos atribuídos pelo júri composto por jornalistas. Para trás ficaram Van Dijk (2º) - o melhor do jogador da Europa somou 679 pontos -, e Cristiano Ronaldo (3º) - somou 476. O defesa do Liverpool fez uma época assombrosa, conquistando a Liga dos Campeões e não foi driblado durante um ano! Claramente, um jogador que fez a diferença no Liverpool.

Já Cristiano Ronaldo, foi menos avassalador do que habitual, mas aos 34 anos e na 1ª temporada pela Juventus, não deixou a desejar:

  • 28 golos em 43 jogos;
  • 10 assistências
  • Vencedor da Serie A
  • Vencedor da Supertaça de Itália
  • Jogador do Ano da Serie A
  • Vencedor da UEFA Liga das Nações
  • Melhor Marcador da UEFA Liga das Nações (3 golos)
  • 11 inicial da Equipa do Ano FIFA

Com a conquista da sexta Bola de Ouro, Messi desempatou com Cristiano Ronaldo, no que toca ao prémio de melhor jogador do mundo. O argentino está próximo de atingir um patamar que parecia impossível, "apanhar" Pelé (7). 

Ora, se para os amantes e especialistas do futebol, Pelé foi considerado o melhor jogador do século XX, poderá Messi ser, de forma incontestável, o melhor jogador do século XXI?

Bildergalerie Pep Guardiola und der FC Barcelona (Javier Soriano/AFP/Getty Images)

Pep Guardiola e Messi ganharam tudo em 2008

O avançado do Barcelona estreou-se a nível profissional no dia 16 de outubro de 2004. 15 anos depois, deixou um legado difícil de igualar no Barcelona e no futebol mundial. "La Pulga" já conquistou 36 títulos coletivos, com destaque para quatro Liga dos Campeões. A nível individual, Messi soma seis Bolas de Ouro e dois prémios de Melhor Jogador do Ano UEFA. Para além destas conquistas, há outras que entraram, imagine-se, para o "Guiness", o famoso livro de recordes mundiais:

- Único jogador a marcar mais de 40 golos em 10 temporadas consecutivas;
- Único jogador a fazer golos em 15 temporadas consecutivas da UEFA Champions League
- Jogador com mais golos numa só temporada na Europa (71)
- Jogador com mais golos num ano civil na Europa (91`)
- A juntar a todos estes números, Messi soma, oficialmente, 701 jogos, 614 golos e 250 assistências.

Champions League Juventus Turin gegen Ajax Amsterdam | Tor Cristiano Ronaldo (Reuters/M. Pinca)

Cristiano Ronaldo foi o melhor jogador da Serie A

No entanto, existe um senhor chamado Cristiano Ronaldo. O avançado português não é menos brilhante que Messi e os números individuais impressionam. Cristiano Ronaldo estreou-se como jogador sénior pelo Sporting, em 2002, com 17 anos. No ano seguinte, transferiu-se para o Manchester United, clube onde venceu a primeira de cinco Liga dos Campeões. Em 2008, foi consagrado o melhor jogador do mundo.

No ano seguinte, Cristiano Ronaldo mudou-se para o Real Madrid, a troco de 94 milhões de euros (na altura, a transferência mais cara de sempre), onde acabou por fazer história e bater recordes.

CR7 marcou 450 golos em 438 jogos oficiais, tornando-se o maior goleador da história do Real Madrid.

Para além dos dois campeonatos, Ronaldo venceu quatro Liga dos Campeões, três delas consecutivas. Durante as nove temporadas ao serviço do Real Madrid, foi o primeiro jogador a chegar aos 100 golos nas provas da UEFA e arrecadou mais quatro prémios de melhor jogador do mundo.

Somando tudo o que de mais importante ambos os magos da bola ganharam, eis um resumo do duelo de números entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo:

Messi vs. Ronaldo

Jogos oficiais: 701 vs. 819

Golos: 614 vs. 608

Assistências: 213 vs. 250

Títulos (clubes): 35 vs. 29

Bota de Ouro: 6 vs. 4

Melhor Jogador da Europa: 4 vs. 2

Melhor Jogador do Mundo: 5 vs. 6         

Seleção Nacional AA: 164/99 vs. 138/70 (jogos/golos)

Títulos: Europeu 2016 vs. Jogos Olímpicos 2008/09

Agora, deixamos-lhe o mais difícil. Escolher o melhor... Messi ou Cristiano Ronaldo? 

Leia mais