Autárquicas em Quelimane: David contra Golias? | Moçambique | DW | 31.07.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Autárquicas em Quelimane: David contra Golias?

Analista questiona escolha de Rogério Warowaro como cabeça de lista do MDM às eleições de outubro em Quelimane. "Não será fácil" enfrentar Manuel de Araújo, o edil que deixou o MDM para concorrer pela RENAMO, prevê.

Rogério Warowaro, cabeça de lista do MDM às autárquicas em Quelimane

Rogério Warowaro, cabeça de lista do MDM às autárquicas em Quelimane

Rogério Warowaro, o novo candidato do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) em Quelimane, tem um grande desafio pela frente e será muito difícil enfrentar Manuel de Araújo nas urnas, acredita o analista moçambicano Ricardo Raboco.

"Enquanto delegado político da cidade de Quelimane, Rogério Warowaro terá dirigido a campanha do MDM nas eleições presidenciais e muitas vezes o seu discurso andou muito longe daquilo que provavelmente o mercado eleitoral queria ver. Aí é que reside o maior desafio de Warowaro enquanto candidato, sobretudo para fazer frente a Manuel de Araújo", defende em entrevista à DW África.

Ouvir o áudio 02:43

Autárquicas em Quelimane: David contra Golias?

Para o analista, Warowaro não tem condições para competir em pé de igualdade com Manuel de Araújo, "que tem um discurso muito mais dirigido para as massas populares" e "é alguém que se expressa fluentemente na língua local chuabo", além de ser "muito versado em cultura geral".

Manuel de Araújo, autarca de Quelimane eleito em 2013 pelo MDM, anunciou recentemente a sua saída do partido. E será cabeça de lista da RENAMO, o principal partido da oposição, nas autárquicas de outubro.

Juventude a "tchunar Quelimane"

Apesar da dura tarefa que tem pela frente, o novo cabeça de lista do MDM no município de Quelimane, Rogério Warowaro almeja a vitória nas municipais. "O sentimento é de emoção, isto significa que o MDM aposta na juventude que vai trazer a vitória em Quelimane", disse Wararo, acrescentando que "o MDM terá um presidente que reside em Quelimane, acessível aos munícipes para resolver os problemas."

Funcionário na Direção Provincial de Economia e Finanças e licenciado em Direito,  Rogério Warowaro, de 38 anos, foi eleito no domingo (29.07) com 190 votos contra 129 do adversário, o deputado Izequiel Aramane.

"Eu sou jovem e nós como jovens temos a nossa linguagem típica que quando queremos fazer a nossa coisa bonita tenho dito, vou "tchunar". Então, o MDM e a juventude vão "tchunar" Quelimane", garante.

Luís Boa Vida, deputado na Assembleia da República pela bancada do MDM, esteve presente na cerimónia de indicação do cabeça de lista e deixou um alerta: "O MDM precisa de união e uma figura de união dos quelimanenses. Se brincarmos, vamos ficar a sofrer durante cinco anos".

A RENAMO e o MDM, os dois principais partidos da oposição moçambicana, já indicaram os seus cabeças de lista para as seis autarquias da província da Zambézia. Falta agora conhecer os candidatos da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO).

Leia mais