Malária – As indesejáveis visitas nocturnas | Educação: Learning by Ear - Aprender de Ouvido | DW | 27.10.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Educação

Malária – As indesejáveis visitas nocturnas

Eles são pequenos, aparecem de noite e podem ser mortais: os mosquitos vectores da malária - uma das doenças que mais mata em África. E, contudo, é fácil preveni-la. Saibam mais na radionovela sobre a malária!

Mücke Malaria (picture-alliance/dpa/P. Pleul)

O mosquito da malária

A malária mata quase um milhão de pessoas anualmente no mundo. 90% das vítimas encontram-se em África. Mulheres grávidas e crianças são particularmente vulneráveis. São sobretudo as pessoas pobres que morrem porque, muitas vezes, não têm meios para financiar o tratamento assim que os primeiros sintomas aparecem.

De qualquer forma, como diz o ditado: mais vale prevenir do que remediar! Algumas formas de malária não reagem a alguns dos medicamentos disponíveis. Mas a prevenção tende a ser simples. Por exemplo, dormir com rede mosquiteira ou usar roupa comprida depois do pôr-do-sol.

Para obterem mais dicas, sintonizem a nova série do “Learning by Ear – Aprender de Ouvido”! Nela, vamos acompanhar uma família africana na sua tentativa de erradicar a malária e aprendemos o que fazer para evitar a doença.

O “Learning by Ear – Aprender de Ouvido” está disponível em seis línguas: Amárico, Francês, Hausa, Inglês, Português e Suaíli. O programa é financiado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados

Downloads