África do Sul regista variante de surto de Covid-19 na Índia | NOTÍCIAS | DW | 10.05.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

África do Sul regista variante de surto de Covid-19 na Índia

Ministério da Saúde da África do Sul deteta casos de variante registada na Índia, país que tem média de 4 mil mortes diárias por Covid-19. Pacientes estão em tratamento médico nas províncias de Gauteng e KwaZulu-Natal.

Südafrika I Coronavirus I Kapstadt

Profissional de saúde em hospital na Cidade do Cabo

O Ministério da Saúde da África do Sul registou quatro casos de uma variante do novo coronavírus apontada como responsável pelo surto devastador de Covid-19 na Índia.

"Os quatro casos de B.1.617.2 foram detetados nas (províncias de) Gauteng e KwaZulu-Natal e todos [os pacientes] têm histórico de chegada recente da Índia", disse o ministro da Saúde Zweli Mkhize no fim-de-semana.

Onze casos de outra variante detetadas pela primeira vez no Reino Unido e conhecidas como B.1.1.7 também foram encontradas. Mkhize ressaltou que a transmissão comunitária desta última "já tinha se iniciado".

A África do Sul é pelo menos o quarto país do continente a pegar a variante B.1.617.2, ao lado do Quênia, Uganda e Marrocos.

Variante devastadora

A Índia está lutando com um surto explosivo de coronavírus amplamente atribuído à variante, que já foi encontrada em mais de uma dúzia de países em todo o mundo. A África do Sul ainda não se juntou ao crescente número de países no mundo inteiro que proibiram vôos da Índia para limitar a propagação de sua variante.

A Índia registou 366.161 infeções de Covid-19 nas últimas 24 horas, menos 37 mil casos do que na véspera, após ter ultrapassado a marca das 400 mil infeções durante quatro dias consecutivos, anunciou hoje o Ministério da Saúde indiano. 

Indien Ahmedabad | Coronavirus, Begräbnisse

Índia lida com surto de Covid-19 provocado por variante doméstica

Nas últimas 24 horas, o país contabilizou ainda 3.754 mortos provocadas pelo novo coronavírus, após dois dias consecutivos a ultrapassar os 4.000, aumentando para 246.116 o total de óbitos desde o início da pandemia. 

"Restrições equilibradas"

Mkhize disse que as restrições de viagem "precisariam ser equilibradas com as realidades científicas" para proteger a economia da nação mais industrializada de África.

A África do Sul é o país mais afetado do continente, com mais de 34% de todos os casos na região. A segunda onda de vírus corona do país, que atingiu seu pico no início deste ano, foi impulsionada por uma variante local mais infecciosa do vírus corona, conhecida como B.1.351.

No início da semana passada, Mkhize alertou sobre "uma tendência preocupante de aumento do número de casos detectados" em certas províncias.

O ministro ressaltou que a "terceira onda" de infeções se aproxima e coincidirá com o próximo inverno no hemisfério sul. Até hoje, o país registrou mais de 1,59 milhões de casos do novo coronavírus, dos quais mais de 54.700 foram fatais.

Assistir ao vídeo 02:36

Campanha para travar Covid-19 na Praia

Leia mais