Petro de Luanda é campeão nacional do futebol angolano 12 anos depois | Angola | DW | 28.05.2022

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Petro de Luanda é campeão nacional do futebol angolano 12 anos depois

Equipa de futebol angolana Petro de Luanda vence campeonato nacional de futebol em Angola, terminando com empate de 1-1 a edição do Girabola diante do Interclube.

A equipa Petro de Luanda, afeta à petrolífera angolana Sonangol, conquistou o seu décimo sexto título no campeonato nacional de futebol de Angola 12 anos depois, e pretende manter-se na liderança do futebol nos próximos anos.

No jogo deste sábado (28.05), no Estádio 22 de Junho, no Rocha Pinto, o Petro, que entrou em campo com título de campeão, perdia na primeira parte por uma bola zero.

O atacante Jorginho, do Interclube de Angola, marcou, de pênalti, aos 30 minutos do jogo. Foi já na reta final da partida que o atacante brasileiro ao serviço do Petro de Luanda igualou a partida também por intermédio de um pênalti.

A equipa tricolor terminou o campeonato com 75 pontos, fruto de 23 vitórias, seis empates e uma derrota em 30 jogos.

Com este feito, o campeão nacional ganhou passe direito para a Liga dos Clubes Campeões de África, onde foi eliminado nas meias finais pela Wydad Ac de Marrocos.

Nos últimos doze anos o clube esteve em segundo lugar na tabela classificativa do Girabola.

 Petro Luanda gewinnt Angola National Turnier

Jogadores do Petro Luanda comemoram vitória neste sábado (28.05).

Manter liderança

O seu presidente de direção do Petro, Tomás Faria afirma que o clube pretende manter-se na liderança do campeonato nos próximos anos.

"O que vamos procurar é ter a mesma consistência que tivemos no segundo lugar durante esse tempo, no sentido de permanecer nesta posição por mais tempo. A ideia é que não fiquemos muito tempo como foi agora doze anos sem conquistar o troféu", disse Tomas Faria, que também almeja conquistar a Taça de Angola.

O treinador português Alexandre Santos, que sagrou-se campeão na sua primeira época no futebol angolano, quer mais títulos como orientador do Petro de Luanda.

No próximo dia de junho, o Petro vai disputar da Taça de Angola com o Recreativo da Caála no Huambo.

"Teremos a mesma perspectiva que tivemos no campeonato desde o primeiro dia que cheguei. O primeiro jogo agora contra a Caála é uma final, se perdermos acabou a época. Vamos fazer tudo para ganhar, o adversário é difícil, mas estaremos prontos para trazer a possibilidade de ir às meias finais".

Soares, jogador brasileiro ao serviço dos tricolores, diz que o plantel estava determinado a conquistar o título.

 Petro Luanda gewinnt Angola National Turnier

A equipa terminou o campeonato com 75 pontos, fruto de 23 vitórias, seis empates e uma derrota em 30 jogos.

Momento para comemorar

"E foi isso que conquistamos hoje. Gostaríamos de ter acabado bem, com vitória, mas não conseguimos. Conseguimos o empate, no fim. Este momento é para comemorar, porque temos mais uma taça e queremos vencer".

Os adeptos do clube com mais títulos no futebol angolano comemoraram o troféu com uma passeata por algumas avenidas de Luanda.

A líder de uma das claques do Petro de Luanda, Natália Gomes, defende mais investimentos nas classe jovem da equipa.

"A próxima época é para apostar no futebol jovem. Só temos que acreditar que daqui em diante é só taças e vitórias", disse ela.

Noutra partida disputada que visou a disputa do segundo lugar do Girabola 2021/2022, o 1º de 'Agosto venceu o Sagrada Esperança da Lunda Norte por 3-1 e assegurou a sua presença na fase preliminar da edição 2022/23 da Liga dos Clubes Campeões Africanos de Futebol.

Leia mais