ESTADO DE ISRAEL COMEMORA 60 ANOS DE EXISTÊNCIA | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 10.05.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

ESTADO DE ISRAEL COMEMORA 60 ANOS DE EXISTÊNCIA

Nossos leitores opinaram esta semana sobre os 60 anos de Israel, social-democracia alemã e diálogo com América Latina, Hans Günter Flieg, liberdade de imprensa e Brasil como potência mundial. Clique aqui para ler!

default

Para quem está de fora das negociações entre israelenses e palestinos, a questão da paz no Oriente Médio apresenta-se insolúvel. Acredito que um dos motivos mais prementes do impasse está na recusa de se admitir a possibilidade da existência de um Estado não-muçulmano, ou seja, de confissão judaica ou até mesmo laica por parte de uma ativa minoria fanática palestina.

Quando a ONU traçou os limites do Estado de Israel, deveria estabelecer a totalidade do país como israelense, incluindo Jerusalém inteira como sua capital. Talvez se em vez da Inglaterra fosse a Turquia a administradora da região, teríamos muito menos problemas. Da maneira como o tabuleiro foi montado, só com a saída da Inglaterra da região poderemos chegar ao fim do conflito. [...]
Kaioby

Não vejo que haverá paz no Oriente Médio tão cedo. Israel não cede os territórios ocupados na Cisjordânia. Por outro lado, os extremistas árabes não aceitam o Estado judeu. Além disso, o Irã demonstra ter um ódio terrível a Israel. Poderá haver um confronto atômico que redundará na Terceira Guerra Mundial. Sou favorável à criação de dois países, dois povos com a liderança de Israel.
Magno Cesar Marthaus

A mídia internacional faz o possível e o impossível para colocar a luta pela existência do Estado de Israel como uma luta de Davi contra Golias, sendo sempre Israel o culpado por todas as desgraças do Oriente Médio. Gostaria de perguntar: quantos ataques suicidas foram feitos por israelenses? Se existe a possibilidade de seu vizinho o atacar, por algum acaso o senhor não se defenderia?

Linha dura na Faixa de Gaza, hum, e a linha dura adotada pelos países europeus com estudantes brasileiros? Por que esse preconceito também não é debatido exaustivamente? Israel tem todo o direito de se defender, reconquistou seu território e o mundo que fechou os olhos para as barbáries nazistas não pode negar aos judeus o direito de ter a sua pátria! E de defendê-la!
Rute Drebes

SOCIAL-DEMOCRACIA ALEMÃ & DIÁLOGO COM AMÉRICA LATINA
No geral, quando duas pessoas vão negociar, ficam ambas com "um pé atrás", esperando uma pela falha da outra, para se fechar. Na política internacional, não é diferente. O que a União Européia quer é um bom acordo, que a favoreça e em que ela leve vantagem. Do outro lado, o Mercosul, querendo a mesma coisa, que dessa união a vantagem esteja do seu lado.

Como os países ricos da Europa são cheios de conhecimento, de tecnologia avançada e têm muito a oferecer para os subdesenvolvidos, deveriam ser mais generosos e de fato proceder como os movimentos de direitos humanos apregoam: ajudar os pequenos a se erguerem.

Quando vemos o interesse recente da Alemanha, podemos deduzir que deve estar surgindo algo que o lado de cá tem e que servirá aos interesses da UE. Está na hora de fazer alguma coisa que de fato seja boa para os latino-americanos, sem demagogia, sem discursos de diplomatas [...]. Ajudem com sinceridade, e quando no futuro formos fortes daremos o troco.
Josephino Gonçalves

O FOTÓGRAFO HANS GÜNTER FLIEG
Você acha que a pátria é onde está o coração? Penso que sim, mesmo que ele às vezes se sinta dividido. Sou bisneta e neta de imigrantes alemães, aprendi a língua alemã como materna, mas nasci no Brasil e aprendi a falar português mais tarde.

A gente leva muito tempo para entender que aqui é nossa verdadeira pátria, pois nos ensinaram que nossos antepassados vieram da distante Alemanha e os costumes, a língua e muito da cultura germânica ainda permanecem muito fortes em nossa vida diária, tudo isto em contraste com a cultura lusófona que é muito diferente. Nem sempre é fácil aceitar o outro, mas quando o fazemos também nos sentimos em casa.
Juliana Georg Bender

LIBERDADE DE IMPRENSA
A imprensa brasileira vem sendo boicotada ao longo dos anos pelos grandes empresários da mídia e pelo governo em geral. A repressão à liberdade de imprensa fere o direito à liberdade de informação e o exercício pleno da democracia e da cidadania. Estas palavras: direito, informação e exercício da cidadania são fundamentais para a existência humana.

A mídia brasileira faz muito mais sensacionalismo do que respeita a veracidade dos fatos. Existe uma cobertura jornalística um tanto quanto fantasiosa, exercendo desta forma forte pressão sobre o público, no que se refere à opinião e ao entendimento dos fatos.
Claudia Hosbach

BRASIL POTÊNCIA MUNDIAL?
Certamente que o Brasil era para ser uma grande potência mundial já há muito tempo. Infelizmente, por causa dos bloqueios das grandes potências, não conseguiu se desenvolver. O Brasil é considerado um país pobre, que não possui nada. É absolutamente o contrário, o Brasil tem imensidão territorial, não há desertos, terrenos acidentados, o clima é diversificado, de norte a sul não há falha em produção agrícola e há minérios em grande quantidade. O que falta é boa administração e impedir especulação internacional como a dos EUA, que só saqueiam.
Anna Carokline (Noruega)

Leia mais