Falha na detecção de gripe aviária põe Berlim sob observação | Europa | DW | 26.03.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Europa

Falha na detecção de gripe aviária põe Berlim sob observação

Erster Fall von Vogelgrippe in Berlin H5N1-Virus

Placas de advertência somem em Berlim

Devido a uma falha na detecção do primeiro caso de gripe aviária em Berlim, todo o território da capital alemã foi declarado como "área de observação" da doença. A medida de precaução foi anunciada pela Secretaria de Saúde, uma vez que não há indicação exata do local em que foi encontrado um gavião infectado pelo vírus H5N1, informou uma porta-voz da autoridade, neste domingo (26/03).

A gripe aviária já atinge sete dos 16 Estados alemães. O gavião encontrado morto na sexta-feira em Berlim ainda está sendo examinado pelo laboratório de referência do Instituto Freidrich-Loeffler, na Ilha de Riems, no Bar Báltico. Espera-se que os resultados a serem divulgados nesta segunda-feira esclareçam se o pássaro foi vítima ou não de uma variante agressiva do vírus.

Na capital alemã também sumiram cerca de 100 placas de advertência contra a doença. "Há um verdadeiro turismo de placas", reclamou Svend Simdorn, responsável pelo serviço de atendimento ao cidadão no bairro Marzahn-Hellersdorf.

O governo alemão anunciou, na última quarta-feira (22/03), um programa de pesquisa no valor de 60 milhões de euros para fortalecer o combate à gripe do frango no país.

O governo também liberou um adiantamento de 10 milhões de euros ao laboratório GlaxoSmithKline, de Dresden, para produzir 80 milhões de doses de vacina contra uma eventual pandemia do H5N1.

Segundo a empresa, o desenvolvimento da vacina vai demorar no mínimo seis meses, a partir do momento em que o vírus for exatamente identificado (a produção, mais seis semanas). Depois viria ainda uma segunda leva de 80 milhões de doses.

Leia mais