RDC: Pelo menos 23 mortos em queda de avião | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 24.11.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

RDC: Pelo menos 23 mortos em queda de avião

Aeronave da companhia aérea local Busy Bee caiu em um bairro residencial na cidade de Goma, no leste da República Democrática do Congo, informaram as autoridades este domingo (24.11).

DR Kongo Goma Flugzeugabsturz (AFP/P. Tulizo)

Avião caiu em bairro residencial de Goma

Os corpos de pelo menos 23 pessoas mortas em um acidente de avião, este domingo (24.11) no leste da República Democrática do Congo (RDC), foram retirados dos destroços, informou o coordenador do serviço de resgate de Goma, Joseph Makundi, à AFP.

O avião privado de passageiros da companhia aérea local Busy Bee caiu em um bairro residencial na cidade de Goma, no leste da RDC, após a descolagem.

Segundo Heritier Said Mamadou, funcionário da companhia aérea Busy Bee, "havia 17 passageiros a bordo e dois tripulantes" a bordo da aeronave Dornier 228, que fazia um vôo doméstico com destino à cidade de Beni.

Um funcionário do aeroporto de Goma, Richard Mangolopa, disse que não haverá sobreviventes entre as 19 pessoas que estavam a bordo do avião. 

A razão para o acidente está a ser investigada e o número de vítimas pode aumentar, uma vez que a aeronave caiu numa área densamente povoada.

A Busy Bee opera três aeronaves para as regiões de Beni e Butembo, na província do Kivu do Norte. 

Segurança deficiente

Em Outubro, um avião de carga que saiu de Goma com destino a Kinshasa despenhou-se uma hora após a descolagem na província de Sankuru, no centro da RDC, matando os oito passageiros e tripulantes.

No seu catálogo de companhias aéreas proibidas de operarem na Europa, a União Europeia enumera 21 companhias aéreas congolesas, incluindo a Busy Bee.

Leia mais