Pós-Idai: Programa de cupões ajuda a suprir necessidades da população | Moçambique | DW | 27.08.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Moçambique

Pós-Idai: Programa de cupões ajuda a suprir necessidades da população

Programa lançado pelo Programa Mundial de Alimentos e a UNICEF oferece ajuda financeira mensal aos sobreviventes do ciclone. Valor pode ser utilizado para a compra de alimentos e produtos de higiene.

PAM e UNICEF distribuem cupões à população de Sofala

PAM e UNICEF distribuem cupões à população de Sofala

Em Moçambique, o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançaram um programa de cupões para ajudar milhares de famílias afetadas pelo ciclone Idai, na província de Sofala, centro de Moçambique.

Cada cupão vale 2.670 meticais (cerca de 40 euros). É o dinheiro que as famílias abrangidas pelo programa recebem por mês para comprar bens essenciais, como arroz, óleo, peixe, frango e produtos de higiene.

Ouvir o áudio 02:28

Pós-Idai: Programa de cupões ajuda a suprir necessidades da população

"É um programa que vai apoiar mais de 20.000 famílias, que vão receber uma senha. Com as senhas, eles podem ir às lojas comprar estas matérias, que podem ser de alimentação, podem ser materiais higiénicos, podem ser roupas, mantas, ou seja, o que eles precisam para as famílias e para as crianças nas casas", afirmou Eimar Barr, representante da UNICEF.

A iniciativa do PMA e da UNICEF é realizada em parceria com a organização Food for the Hungry. Os cupões são aceites em sete lojas nos distritos de Dondo e Nhamatanda, duas das zonas mais atingidas pela passagem do ciclone Idai na província de Sofala, em março passado.

Luta para reeguer-se

Mais de 600 pessoas morreram devido ao ciclone e 1 milhão e meio de pessoas foram afetadas. Muitas continuam a precisar de ajuda. Segundo o administrador de Dondo, José Paulo, o programa de cupões é uma ajuda muito bem-vinda numa altura em que a população luta para se reerguer. "É um passo. Já estamos numa fase de recuperação. A maior parte das famílias já está a reerguer-se", diz o administrador.

WFP und UNICEF starten Coupon-Programm zur Unterstützung den Opfern des Zyklons Idai

Cupões podem ser utilizados para compra de alimentos e produtos de higiene

Com os cupões, cada família pode decidir que produtos mais precisa naquele momento e ir à loja comprar. Segundo Peter Rodrigues, coordenador de Resposta de Emergência do PMA na Beira, ter este grau de escolha é importante para a população. 

"Através desta parceria com a UNICEF, alargamos as coisas que as pessoas podem comprar, o que a família pode comprar com os retalhistas. Antigamente, eles conseguiam comprar só alimentos, agora, nesta parceria, eles podem comprar coisas de higiene e outros [produtos necessários]", explicou.

O programa de cupões começou em agosto e prolonga-se até outubro. O PMA e a UNICEF vão monitorar as compras das famílias para, com esses dados, melhorarem a resposta a possíveis emergências futuras.

Em junho, Moçambique recebeu promessas de doações de 1,2 mil milhões de dólares para ajudar a reconstruir as zonas afetadas pelos ciclones Idai e Kenneth. Trata-se de apenas um terço do valor total necessário, segundo o Governo moçambicano.

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados