1. Ir para o conteúdo
  2. Ir para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Kenia Anti AIDS Kampagne Kondome Jugendliche
Foto: Getty Images/AFP/S. Maina

Moçambique: Campanha alerta jovens para prevenção de doenças

Conceição Matende
14 de fevereiro de 2022

O Dia dos Namorados dá o mote para a prevenção do HIV/SIDA e outras doenças sexualmente transmissíveis. Campanha "Namoro Seguro" destina-se sobretudo a adolescentes e jovens de todas as províncias de Moçambique.

https://p.dw.com/p/46yT2

Celebra-se esta segunda-feira (14.02) o Dia de São Valentim. Em Moçambique, o dia e o mês dos namorados assinalam-se com o projeto "Namoro Seguro", lançado pelo Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA.

A campanha visa consciencializar os jovens sobre os métodos de prevenção das doenças sexualmente transmíssiveis e a gravidez indesejada. Está a decorrer nas plataformas digitais e em redes sociais como o Facebook e o Whatsapp, onde são divulgados vídeos, imagens e textos com conteúdos informativos.

No Niassa estão ainda previstas palestras, afixação de cartazes e distribuição de panfletos nos mercados e escolas. Nesta província do norte de Moçambique, mais de 780 mil pessoas vivem com o HIV/SIDA - 56% são adolescentes e jovens.

Namoro seguro

"Este ano decidimos fazer uma coisa diferente durante o mês dos namorados: levarmos a cabo ações que visam a consciencialização dos adolescentes e jovens. O namoro seguro significa que as pessoas devem usar correctamente e de forma consistente o preservativo", explica o assistente de comunicação e advocacia do Conselho Provincial de Combate à SIDA em Lichinga, Simões Capece.

Cabo Delgado: Associação ajuda deslocados com HIV/SIDA

O projeto será para continuar além do mês de fevereiro. "As ações devem ser contínuas, ao nível das províncias vai-se usar mais as plataformas digitaeis para a publicação de mensagens educativas sobre a necessidade do uso corecto do preservativo", acrescenta.

"Também faremos a divulgação nos locais onde acreditamos que possam estar maior número de adolescentes e jovens, estamos a falar de escolas, campos de futebol, mercados, entre outros lugares", revela ainda Simões Capece.

Uso do preservativo

Nas ruas de Lichinga, apesar de ainda não terem ouvido falar da campanha, residentes ouvidos pela DW África estão conscientes da necessidade de se promover o "Namoro Seguro".

É o caso de Benedito Tavares, um jovem recém-casado, que diz que é preciso apostra na prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. "O homem quando viaja e sente necessidade sexual, certamente deve prevenir-se com preservativos porque hoje em dia as coisas estão alastradas", recomenda.

Rute José, uma jovem mãe, alerta para o uso do preservativo: "Alguns jovens, para esse namoro seguro usam preservativos, outros não. Vejo que alguns jovens passam nas instituições a pedir preservativos e mesmo no centro de saúde, existem os que levam por imitação dos amigos. As raparigas podem apanhar doenças, gravidez precoce e muito mais."

Já conhece o Rei dos Preservativos?

Saltar a secção Mais sobre este tema
Saltar a secção Conteúdo relacionado