Faure Gnassingbé toma posse como Presidente do Togo | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 04.05.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Faure Gnassingbé toma posse como Presidente do Togo

Apesar dos riscos de propagação da Covid-19, uma cerimónia menor foi realizada em Lomé para marcar a tomada de posse do Presidente. No Governo há mais de uma década, Gnassingbé inicia novo mandato de cinco anos.

Cerca de 200 convidados - todos usando máscaras e mantendo o distanciamento social - participaram da cerimónia deste domingo (03.05) na capital togolesa. Com as fronteiras fechadas, só havia diplomatas presentes no país.

A cerimónia televisionada foi reduzida para pouco mais de 80 minutos, sem a pompa de costume. Uma foto no perfil do Twitter do Presidente mostra o momento da posse.

Gnassingbé, de 53 anos, venceu na primeira volta, em fevereiro, com maioria absoluta, estendendo seu reinado de 15 anos por mais cinco anos.

Chances de manter-se no poder

Uma emenda constitucional aprovada em 2019 limitou o cargo de Presidente a dois mandatos, mas vai ter efeitos apenas nas eleições subsequentes. Assim, Faure Gnassingbé pode concorrer nesta e nas próximas eleições, com chances de manter-se no poder até 2030.

Gnassingbé tomou posse apesar das objeções do seu rival, o ex-primeiro-ministro Agbeyome Kodjo, que obteve 18,37% dos votos. A polícia deteve Kodjo em abril, depois que ele se declarou Presidente eleito.

A tomada de posse ocorreu em pleno combate à pandemia do novo coronavírus no país, que já registou 123 casos e nove mortes, segundo o Centro Africano de Controle e Prevenção de Doenças da União Africana.

Leia mais