1. Ir para o conteúdo
  2. Ir para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
USA, Washington I Außenministerium der Vereinigten Staaten I State Department
Foto: Mark Wilson/Getty Images

EUA incluem grupo de Cabo Delgado na lista do terrorismo

Reuters
11 de março de 2021

Departamento de Estado norte-americano classifica grupos armados em Moçambique e RDC como organizações terroristas. Comunicado salienta que "ISIS-RDC" e "ISIS-Moçambique" seriam grupos com origens distintas.

https://p.dw.com/p/3qT8Y

Os Estados Unidos adicionaram oficialmente esta quarta-feira (10.03) dois grupos extremistas islâmicos na sua lista de organizações terroristas - um atua na República Democrática do Congo (RDC) e o outro em Moçambique. Segundo o Governo americano, ambas as organizações são acusadas de terem vínculos com o "Estado islâmico" (ISIS).

Os EUA designaram como terrorista o grupo armado em Moçambique conhecido como Ansar al-Sunna ou Al-Shabab – como são chamados localmente - e o seu líder, que apontam como Abu Yasir Hassan.

A nota do Departamento de Estado norte-americano responsabiliza o grupo armado pela morte de 1.200 civis desde 2017 e estima que "mais de 2.300 civis, membros das forças de segurança e suspeitos militantes foram mortos desde que o grupo terrorista iniciou a sua violenta insurgência extremista".

As Forças Democráticas Aliadas (ADF) da RDC e o seu líder Seka Musa Baluku também foram "especificamente designados terroristas globais" pela nota.

Mosambik | Muendumbe Cabo Delgado | Streitkräfte
Foto: Roberto Paquete/DW

"ISIS-RDC e ISIS-Moçambique"

As designações impedem as viagens dos integrantes destas organizações aos Estados Unidos. O Governo americano também poderá congelar quaisquer bens relacionados com os EUA, proibir americanos de fazer negócios com a rede terrorista e fazer com que seja crime prestar apoio ou recursos para os grupos.

"O "Estado Islâmico” do Iraque e da Síria anunciou o lançamento da Província da África Central do Estado Islâmico (ISCAP) em abril de 2019 para promover a presença de integrantes do grupo terrorista na África Central, Oriental e Austral", explica o Departamento de Estado.

"Embora os meios de comunicação social associados ao ISIS representem o ISCAP como uma estrutura unificada, ISIS-RDC e ISIS-Moçambique são grupos distintos com origens distintas", afirmou. "Estes grupos cometeram ou representam um risco significativo de cometer atos de terrorismo", refere a nota.

Cabo Delgado: traumas de guerra, sonhos de paz

Saltar a secção Mais sobre este tema
Saltar a secção Conteúdo relacionado