Paris vai criar parque nudista | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 27.09.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Europa

Paris vai criar parque nudista

Espaço será o primeiro local público da capital francesa exclusivo para a prática de nudismo. Estudo indicará região ideal para novo parque, mas margens do Sena já foram descartadas pela prefeitura.

Nudismo é comum em parques de Berlim

Nudismo é comum em parques de Berlim

A prefeitura de Paris aprovou a proposta de criar o primeiro parque nudista na cidade. Embora a França seja um destino popular entre entusiastas do nudismo, a prática em locais públicos é proibida e pode render até cadeia.

O projeto, votado na noite desta segunda-feira (27/09), foi apresentado por integrantes do Partido Verde, que alegaram que espaços semelhantes existem em cidades como Barcelona, Berlim ou Munique.

A prefeitura determinou que um estudo seja realizado para escolher o melhor local para a criação do parque nudista, que poderia ser aberto já no próximo verão.

Grandes parques na periferia de Paris, como Vincennes e Boulogne, estão entre os cogitados para receber os nudistas.

"Precisamos encontrar o local correto e não queremos incomodar ninguém. Provavelmente será um parque ou um jardim", disse o vice-prefeito de Paris, Bruno Julliard. Segundo ele, a proposta será implementada com sensibilidade e respeito.

Julliard descartou ainda a ideia de criar um espaço para nudismo no centro de Paris, próximo às margens do Sena, como apresentado na proposta do Partido Verde.

Ficar pelado em locais públicos na França é proibido, sob pena de multa de 15 mil euros e um ano de prisão. No entanto, há locais onde há prática é permitida. Em todo país, há cerca de 100 praias nudistas e 20 mil campings que recebem adeptos do nudismo.

Em Paris, nudistas podem frequentar apenas uma piscina sem ter que se preocupar em ter problemas com a lei. E ela é aberta para o nudismo somente em horários específicos.

CN/rtr/dpa

Leia mais