1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Duas crianças colocando cartas em caixa de correio
As cartas podem ser colocadas tanto em caixas de correio nas cidades em questão como ser enviadas pelo correio normalFoto: picture-alliance/ ZB
VariedadesAlemanha

A tradição das cartas ao Papai Noel na Alemanha

Suzanne Cords
28 de novembro de 2022

Crianças podem enviar suas cartas de Natal a sete agências dos correios espalhadas pelo país, endereçadas ao Papai Noel, ao Menino Jesus ou a São Nicolau. As listas de desejos incluem de brinquedos a boas notas e paz.

https://p.dw.com/p/4KBL8

Antes de o Weihnachtsmann (Papai Noel) se tornar o tradicional entregador de presentes de Natal, em muitas partes da Alemanha essa era a tarefa do Christkind, ou Menino Jesus, representado por um anjo. Mas também São Nicolau, cujo dia é 6 de dezembro, em muitos locais é considerado o símbolo natalino.

A poucas semanas do Natal, Papai Noel, o Menino Jesus e São Nicolau já têm bastante trabalho para responder cartas. Existem na Alemanha sete correios oficiais de Natal em vilas ou cidades com nomes sugestivos, como Himmelsthür (porta do céu), Engelskirchen (Igrejas dos Anjos) ou Nikolausdorf (vila de São Nicolau). 

Em muitas regiões é o menino Jesus quem traz os presentes

Com listas de pedidos chegando não só da Alemanha, mas de várias partes do mundo, os três precisam de ajuda de voluntários para reagir a todas as mensagens recebidas. As respostas são escritas em vários idiomas além do alemão − inglês, francês, espanhol, tcheco, taiwanês, chinês, estoniano, holandês, japonês e polonês, bem como em Braille e agora também em ucraniano.

Estrelinhas e letra caprichada

As crianças se esmeram em suas cartas para o Papai Noel, o Menino Jesus ou São Nicolau: "Querido Papai Noel, por favor, nos traga belos presentes. Vou deixar biscoitos para você debaixo da árvore de Natal", escreveu Amelie, de 7 anos. Sua ortografia está longe de ser perfeita, mas ela pintou sua lista de desejos em cores vivas e colou estrelas brilhantes na carta.

Nas listas dos presentes que as crianças esperam receber constam de unicórnios a bicicletas e PlayStations. Algumas também pedem de presente boas notas na escola. E uma apresentação simpática é sempre útil: "Querido Papai Noel, como você está? Como está sua saúde? Como estão suas renas? Você me concedeu um desejo no ano passado e quero agradecer por isso. Agora neste ano eu gostaria..."

Carta de criança ao Menino Jesus decorada com corações vermelhos
"Querido Menino Jesus, você pode, por favor, parar a guerra e garantir que todos tenham o suficiente para comer?"Foto: Oliver Berg/dpa/picture alliance

Algumas crianças são bem específicas, detalhando em qual loja podem ser encontrados os brinquedos que estão solicitando. Outras cartas são particularmente tocantes: "Querido Menino Jesus, você pode, por favor, parar a guerra e garantir que todos tenham o suficiente para comer?"

Neste ano, a guerra na Ucrânia também preocupa as crianças na Alemanha, assim como a pandemia de covid, mencionada em muitas cartas nos últimos dois Natais: "Querido Papai Noel, espero que o coronavírus morra. Você pode cuidar disso?"

Outras crianças esperam dissipar dúvidas sobre os próprios portadores de presentes. "Querido Papai Noel, você realmente existe? Uma vez ouvi dizer que você é uma invenção da Coca-Cola. E, se você realmente existe, você é um bom amigo do Menino Jesus?"

Juntos, Papai Noel, Menino Jesus e São Nicolau receberam cerca de 649 mil cartas de crianças em 2021, e o mesmo número é esperado para este ano.

A maior agência postal natalina da Alemanha fica na pequena cidade de Himmelpfort, no estado de Brandemburgo, leste da Alemanha. Lá chegaram 300 mil cartas no ano passado.

A maioria das listas de desejos vem da Alemanha, mas também há correspondências de lugares tão distantes quanto a Nova Zelândia.

Como tudo começou

Para as crianças na Alemanha, a tradição de escrever uma carta em preparação para as festas de final de ano remonta ao início do século 19, quando era chamada carta de Natal.

No entanto, na época, as crianças não escreviam cartas elaboradamente decoradas para o Menino Jesus, São Nicolau ou Papai Noel, mas para seus pais. E não pediam presentes, mas agradeciam aos pais, jurando obediência, diligência e bom comportamento – e ainda pediam a bênção de Deus.

Em um exemplo de por volta de 1847, o jovem August escreveu: "Queridos pais! Não passa um dia sem meu profundo reconhecimento por tudo que devo a vocês, queridos pais."

Mas, à medida que se desenvolveu a indústria de brinquedos, os fabricantes tiveram a ideia de distribuir formulários de listas de desejos nos quais as crianças pudessem marcar suas preferências de presente.

Papel de carta de 1919 com ilustração colorida de anjinho
Esta carta de Natal foi enviada pela menina Lulu a seus pais em 1919 Foto: akg-images/picture alliance

Em 1950, uma conhecida loja de departamentos alemã endereçava esses formulários diretamente ao Menino Jesus ou Papai Noel. Os correios de Natal começaram a aparecer uma década depois. A mais antiga fica em Himmelpforten, na Baixa Saxônia — não confundir com a de Himmelpfort, em Brandemburgo.

Lá em Himmelpforten, em 1962, a pequena Bärbel escreveu sobre seu desejo de uma nova boneca e de um irmão. Ela endereçou sua carta manuscrita para "Papai Noel no céu". E obteve uma resposta: o gerente do correio local, Helmut Stolberg, decorou sua carta com adesivos e a declarou como correio aéreo. A partir de então, as crianças alemãs sabiam: Papai Noel realmente existe − e ele sempre responde.

Os endereços natalinos na Alemanha:

An den Weihnachtsmann

Weihnachtspostfiliale

16798 Himmelpfort

Deutschland/Alemanha

 

An den Weihnachtsmann

Himmelsthür, 31137 Hildesheim

Deutschland/Alemanha

 

An das Christkind

51777 Engelskirchen

Deutschland/Alemanha

 

An das Christkind

21709 Himmelpforten

Deutschland/Alemanha

 

An das Christkind

97267 Himmelstadt

Deutschland/Alemanha

 

An den Nikolaus

49681 Nikolausdorf

Deutschland/Alemanha

 

An den Nikolaus

Nikolausplatz

66351 St. Nikolaus

Deutschland/Alemanha

            

Pular a seção Mais sobre este assunto
Pular a seção Conteúdo relacionado