Presidente português diz que ″ouviu″ e ″registou″ visão de Lula da Silva | NOTÍCIAS | DW | 31.07.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Presidente português diz que "ouviu" e "registou" visão de Lula da Silva

Após encontro com Lula da Silva, chefe de Estado português disse considerar visão de Lula importante para "juízo" a fazer sobre o país. Líder de Portugal visita o Brasil para reinauguração do Museu da Língua Portuguesa.

Brasilien Treffen Marcelo Rebelo de Sousa und Lula da Silva in Sao Paulo

Na foto, Marcelo Rebelo de Sousa e Lula da Silva durante encontro em São Paulo, nesta sexta-feira (30.07).

"O importante é registar o ponto de vista de quem foi Presidente do Brasil e continua a acompanhar a situação no Brasil, as relações com Portugal e a situação internacional", disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado português falava na residência do cônsul de Portugal, em São Paulo, ao início da noite de sexta-feira (hora local), após um encontro que durou cerca de uma hora, com o antigo Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que entretanto não fez declarações aos jornalistas.

A pandemia de Covid-19, a situação económica mundial, a inauguração do Museu da Língua Portuguesa, a aproximação cultural e linguística entre os países lusófonos e as relações bilaterais entre os dois países foram temas abordados pelos dois líderes políticos.

No final, Lula da Silva não prestou declarações aos jornalistas, mas divulgou posteriormente, nas redes sociais, uma fotografia com o chefe de Estado português. 
 

"Ouvi e registei" 

"Ouvi e registei sempre na ótica do relacionamento com Portugal, como o mundo que fala português e com a União Europeia", disse o líder português.

O encontro com Lula da Silva foi o primeiro ponto da agenda da visita de quatro dias do Presidente da República ao Brasil, durante a qual irá encontrar-se também com outros antigos líderes políticos, além de manter uma audiência com o chefe de Estado brasileiro, Jair Bolsonaro.

Questionado pelos jornalistas sobre se Lula da Silva partilhou as suas ambições políticas para as próximas eleições presidenciais de 2022, Marcelo Rebelo de Sousa adiantou que estas são "conversas para ouvir e não para expor publicamente".

Adiantou, ainda assim, que Lula da Silva falou da sua "visão sobre o Brasil".

Popularidade em queda

Brasilien Präsident Jair Bolsonaro empfängt den Präsidenten von Cabo Verde Jorge Carlos Fonseca

Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, ontem (30.07), em Brasília.

A visita de Marcelo Rebelo de Sousa ocorre numa altura em que a popularidade do atual Presidente do brasileiro, Jair Bolsonaro, está em queda e em que crescem contestações às suas políticas, nomeadamente à forma como lidou com a pandemia de Covid-19.

Por outro lado, num contexto em que permanece a incógnita sobre se Lula da Silva pretende concorrer às eleições presidenciais de 2022, quando várias sondagens apontam para uma vitória sobre Bolsonaro, no cenário hipotético de uma segunda volta entre os dois.

Ontem, o chefe de Estado português disse ainda existir empenho generalizado num melhor relacionamento com o Brasil e a leitura política a fazer é a de ser preciso construir e aprofundar essa relação todos os dias.

"Em Portugal, estamos todos - o Presidente da República em primeiro lugar, mas também o Governo e todos os setores políticos - empenhados num melhor relacionamento com o Brasil e no aprofundamento do papel da língua portuguesa quer na comunidade que a fala quer no mundo", salientou. 

Reinauguração do Museu da Língua Portuguesa

Em São Paulo para a reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, encerrado desde 2015 devido a um incêndio, Marcelo Rebelo de Sousa considerou, à chegada e quando questionado pelos jornalistas sobre os vários encontros políticos na agenda, que o objetivo fundamental é cultural.

Além do encontro com Lula da Silva, o chefe de Estado português deve encontrar-se com os ex-Presidentes brasileiros José Sarney, Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso, e manter uma audiência com o homólogo, Jair Bolsonaro.

Ele também se encontrará com o Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, e outros convidados para "o evento fundamental" de reinauguração do Museu da Língua Portuguesa.

Assistir ao vídeo 05:10

Erros de português: Corrigir ou ser corrigido?

Leia mais