Presidente da Guiné-Bissau exonera vários membros do Governo | Guiné-Bissau | DW | 25.04.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Guiné-Bissau

Presidente da Guiné-Bissau exonera vários membros do Governo

Sob proposta do Governo liderado por Nuno Nabiam, o Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, anunciou este sábado a primeira remodelação governamental. Vários membros do Executivo foram substituídos.

A Presidência da Guiné-Bissau acaba de anunciar uma remodelação governamental, proposta pelo Governo, que exonera vários membros do Governo e Secretários de Estado, segundo vários decretos presidenciais na posse da DW África, este sábado (24.04).

O Governo guineense passa a contar com 20 ministros e 11 secretários de Estado. Conheça a nova orgânica do Executivo de Nuno Nabiam, anunciada pela Presidência: 

Nomeações:

Suzi Carla Barbosa - Ministra de Estado, dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades;

Orlando Mendes Viegas - Ministro de Estado, dos Recursos Naturais e Energia;

Botche Candé - Ministro de Estado, do Interior e da Ordem Pública;

Marciano Silva Barbeiro - Ministro de Estado, da Agricultura e Desenvolvimento Rural;

Iaia Djaló - Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos;

Fernando Vaz - Ministro do Turismo e Artesanato e Porta-voz do Governo;

Fernando Mendonça - Ministro da Comunicação Social;

Augusto Gomes - Ministro dos Transportes e Comunicações;

Tcherno Djaló - Ministro do Comércio e Indústria;

Cirilo Mamasaliu Djaló - Ministro da Educação Nacional e Ensino Superior;

Tumane Baldé - Ministro da Administração Pública, Trabalho, Emprego e Segurança Social;

Dionísio Cumba - Ministro da Saúde Pública;

Salumé Santos Allouche - Secretária de Estado das Comunidades;

Exonerações:

Jorge MalúMinistro dos Recursos Naturais e Energia;

Jorge Mandinga Ministro dos Transportes e Comunicações;

Abel da Silva GomesMinistro da Agricultura e Desenvolvimento Rural;

Suzi Carla Barbosa Ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e Comunidades;

Botche CandéMinistro do Interior;

Fernando MendonçaMinistro da Justiça; António Artur Sanhá - Ministro do Comércio e Indústria

Arcenio Abdulai Jibrilo Baldé - Ministro da Educação Nacional e Ensino Superior;

António Deuna - Ministro da Saúde Pública;

Maria Celina Tavares - Ministra da Administração Pública

Dara Yurgan da Fonseca Ramos  - Secretária de Estado das Comunidades;

Augusto Gomes - Secretário de Estado da Cooperação Internacional;

Nhima Sisse - Secretária de Estado do Turismo e Artesanato;

Conco Turé - Secretário de Estado da Comunicação Social;

Estrutura Orgânica:

MINISTÉRIOS:

a) Gabinete do Vice-Primeiro Ministro e da Presidência do Conselho de Ministros e Assuntos

Parlamentares, Coordenador para Área Económica;

b) Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades;

c) Ministério dos Recursos Naturais e Energia;

d) Ministério do Interior e da Ordem Pública;

e) Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural;

f) Ministério da Justiça e Direitos Humanos;

g) Ministério das Finanças;

h) Ministério da Defesa e Combatentes da Liberdade da Pátria;

i) Ministério do Turismo e Artesanato;

j) Ministério da Comunicação Social;

k) Ministério dos Transportes e Comunicações;

l) Ministério da Administração Territorial e do Poder Local;

m) Ministério das Pescas;

n) Ministério do Comércio e Indústria;

o) Ministério da Educação Nacional e Ensino Superior;

p) Ministério da Administração Pública, Trabalho, Emprego e Segurança Social;

q) Ministério da Saúde Pública;

r) Ministério da Mulher, Família e Solidariedade Social;

s) Ministério das Obras Públicas, Habitação e Urbanismo;

t) Ministério do Ambiente e Biodiversidade.

SECRETARIAS DE ESTADO:

a) Secretaria de Estado das Comunidades;

b) Secretaria de Estado da Cooperação Internacional;

c) Secretaria de Estado da Juventude e Desporto;

d) Secretaria de Estado do Orçamento e Assuntos Fiscais;

e) Secretaria de Estado do Tesouro;

f) Secretaria de Estado da Gestão Hospitalar;

g) Secretaria de Estado do Ensino Superior e Investigação Científica;

h) Secretaria de Estado da Ordem Pública;

i) Secretaria de Estado de Plano e Integração Regional;

j) Secretaria de Estado da Cultura;

k) Secretaria de Estado dos Combatentes da Liberdade da Pátria.

O Presidente guineense justifica a medida com a necessidade de melhorar a atividade governativa. Os membros do Governo exonerados este sábado (24.04) foram nomeados em 2 de março de 2020, através do decreto presidencial número 4/2020.

Assistir ao vídeo 00:20

Guiné-Bissau: Que lições tirar das últimas eleições presidenciais?

Leia mais