Dedicamo-nos a um jornalismo imparcial ao redor do mundo e a tirar o sono dos autocratas  | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 04.09.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Dedicamo-nos a um jornalismo imparcial ao redor do mundo e a tirar o sono dos autocratas 

Em todo o mundo, a democracia está a ser desafiada e a liberdade atacada. Em países onde os poderosos controlam as notícias, as pessoas são forçadas a escolher entre opções más.

É por isso que escolhemos como metas para o nosso trabalho desafiar autocratas, fornecer informação independente e promover liberdade de expressão e valores democráticos. Assim garantimos noites mal dormidas aos autocratas.

Como apoiamos a liberdade de expressão

A DW esforça-se por cobrir questões complexas em torno da liberdade de expressão e traz à tona crises humanitárias, vítimas de violações dos direitos humanos e iniciativas que se empenham em promover o diálogo para enriquecer o debate sobre estes temas.

Com reportagens e entrevistas com ativistas, académicos, artistas, cartunistas e autores de todos os cantos do mundo, focamos temas que contribuem para as liberdades de expressão e de opinião. 

Desde 2015, a DW homenageia aqueles que estão empenhados numa luta diária pela liberdade de expressão com o prémio DW Freedom of Speech Award. Os laureados incluem bloggers presos e jornalistas corajosos que se empenharam por uma comunicação social independente.

Fazer passar a mensagem

Cada vez mais pessoas no mundo têm acesso à comunicação e à informação. Mas é fácil esquecer que existem muitos lugares no mundo onde os que emitem opiniões dissidentes são punidos e a informação independente é bloqueada. A DW fez da luta contra a censura um princípio fundamental e trabalha constantemente para fornecer às pessoas em toda a parte a informação de que necessitam para compreender os problemas e as questões que afetam as suas sociedades. 

Em muitos países, o controlo governamental sobre as tecnologias da informação e da comunicação pode levar a que a informação seja censurada ou bloqueada. É por isso que a DW fornece soluções para contornar a censura e para facilitar o acesso à informação livre. Por exemplo, quem vive em países cujos governos bloqueiam ou restringem o acesso a notícias independentes pode agora aceder ao conteúdo da DW de forma segura e anónima com o apoio do Open Technology Fund (OTF) e do Projeto Tor. A DW instalou um servidor adicional que permite o acesso ao conteúdo web da DW através de um endereço especial na rede de anonimato do Projeto Tor. 

As páginas web acessíveis através do Tor (The Onion Routing) podem ser reconhecidos pela extensão '.onion'. Para para aceder a estas páginas é necessário ter um navegador web especial como o Tor baseado no Firefox. Para além da Deutsche Welle, até agora apenas alguns meios de comunicação social como o New York Times e a BBC oferecem um endereço nesta rede anónima. 

Há uma década, a DW também disponibiliza um sistema de evasão à censura chamado Psiphon, que utiliza uma rede de diferentes servidores proxy (um computador intermediário entre um utilizador e um servidor online). Com esta tecnologia, pessoas em países como a República Popular da China e o Irão podem aceder a informações imparciais a partir de fontes fiáveis. 

Através do uso destas tecnologias a DW envia uma mensagem: nunca desistirá de tentar promover uma Internet livre e de fornecer notícias e informações imparciais e de qualidade a todas as audiências em todo o mundo. 

JaafarTalk aus dem jordanischen Flüchtlingslager Zatari

JaafarTalk na Jordânia

A diversidade incentiva o diálogo

Nos últimos anos, o panorama mediático e a participação dos meios de comunicação social mudaram drasticamente nos países árabes – e não apenas entre os jovens. Tudo está a evoluir. E embora as pessoas estejam tecnologicamente mais do que nunca ligadas à comunicação e à discussão – com aplicações, meios de comunicação social e comunicações móveis – parece haver um desejo de se limitar o debate.

JaafarTalk quer mudar isso. É um talk show que dá a todos uma voz, mesmo àqueles que não são ouvidos no mundo árabe, com tópicos que não são necessariamente abordados noutros canais. Oferece debates controversos sobre temas sócio-políticos baseados na interação entre convidados, que vêm de países diferentes e representam pontos de vista muito diferentes. No final de cada episódio, tanto o público no estúdio como os espetadores têm a oportunidade de votar qual dos convidados expressou o seu ponto de vista da forma mais convincente. JaafarTalk é a plataforma perfeita para pessoas com perspetivas diferentes sobre um assunto partilharem a sua opinião e iniciarem um diálogo. 

O talk show interativo reflete a diversidade do mundo de língua árabe. O anfitrião Abdul Karim convida pessoas que representam as diferentes opiniões na região para uma discussão justa e animada, mas acompanhada de pesquisas, factos e figuras que ajudem a apresentar o panorama geral. Quem quiser, pode seguir o JaafarTalk no Instagram, Facebook e YouTube. 

Assistir ao vídeo 01:05

Sabe o que tira o sono aos autocratas?

Visualizar as questões

Os cidadãos no Líbano expressam as suas opiniões sobre as plataformas digitais com mais frequência do que os ucranianos? O barómetro #speakup é um projeto da DW Akademie que examina a ligação entre participação digital, liberdade de expressão e acesso à informação. Entram na análise os países nos quais a DW Akademie, o setor de formação da Deutsche Welle, tem projetos de desenvolvimento dos media em conjunto com organizações parceiras locais. 

Com o objetivo de fornecer uma visão geral do estado atual da participação digital nestes países, bem como de identificar novos potenciais e riscos, o barómetro #speakup ajuda organizações de desenvolvimento dos media, ONGs, jornalistas e outros profissionais a desenvolver medidas para melhorar a digitalização, a liberdade de expressão e o acesso à informação. 

Navegador da Liberdade dos Meios de Comunicação Social 

Quão livres são os meios de comunicação social no seu país? O Media Freedom Navigator fornece uma visão geral dos diferentes índices de liberdade dos meios de comunicação social. Pode navegar no mapa mundial para aceder aos dados de liberdade dos mídia de cada país e à informação de fundo em cada índice. 

Credibilidade num mar de desinformação

Fazer jornalismo independente na Turquia está a tornar-se cada vez mais difícil. A DW tem colaborado com a BBC, France24 e Voice of America para criar um canal YouTube para fornecer ao público de língua turca informações credíveis que o ajudem a formar as suas próprias opiniões. 

O canal YouTube +90, inspirado no código telefónico internacional para a Turquia, fornece informação imparcial e de confiança, respeitando a liberdade de expressão, assim como diferentes pontos de vista sobre uma vasta gama de tópicos. Os vídeos mais populares do canal foram vistos mais de um milhão de vezes.

+90 cobre tópicos que por vezes estão ausentes do panorama dos media na Turquia – como os refugiados, a comunidade LGBTQ e os direitos das mulheres. Quando retrata estas questões em profundidade, +90 assegura um olhar mais equilibrado sobre a vida quotidiana num país vibrante e em mudança.  

Leia mais