Covid-19: Taxa de contágio volta a subir na Alemanha | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 10.05.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Covid-19: Taxa de contágio volta a subir na Alemanha

Segundo Instituto Robert Koch, nos últimos dias, cada contaminado está a transmitir o coronavírus para mais de uma pessoa na Alemanha. No sábado (09.05), várias cidades alemãs registaram protestos.

A taxa de contágio na Alemanha voltou a subir para 1,1, o que significa que cada pessoa com Covid-19 contagia cerca de 1,1 pessoas, de acordo com informação revelada pelo Instituto Robert Koch (RKI) relativa aos últimos dias.

Este valor, considerado fundamental pelas autoridades para atenuar as medidas de contenção no país, chegou a ser de 0,65 na quinta-feira (07.05).

Ainda assim, e depois de registar durante vários dias mais de 1.000 novos casos, este domingo (10.05) o RKI regista um abrandamento desta subida com 667 infeções nas últimas 24 horas.

No total, a Alemanha calcula agora 169.218 casos diagnosticados e 7.395 vítimas mortais, com um aumento de 26 óbitos em relação ao dia anterior.

O número aproximado de pessoas consideradas curadas é agora de 144.400, com um crescimento estimado de 1.100.

München Anti Coronavirus Maßnahmen Demonstration

Manifestação contra as medidas restritivas em Munique

Manifestações contra medidas restritivas

Entretanto, este sábado (09.05), milhares de manifestantes contra as medidas de distanciamento social impostas pelo Governo alemão concentraram-se em várias cidades alemãs.

Em Estugarda, Berlim, Frankfurt e Munique a polícia foi obrigada a deter vários cidadãos.

Também na cidade de Dortmund, uma equipa de jornalistas foi atacada por um grupo considerado de extrema-direita. Este foi o terceiro ataque contra os média alemães registado este mês.

Na capital, uma centena de polícias prendeu cerca de 30 pessoas por não cumprirem o distanciamento obrigatório. Em Munique, foi autorizada uma manifestação de 80 pessoas, mas, na Marienplatz, acabaram por concentrar-se mais de 3.000.

Leia mais