UE e Londres chegam a pré-acordo sobre laços após o Brexit | Notícias internacionais e análises | DW | 22.11.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

União Europeia

UE e Londres chegam a pré-acordo sobre laços após o Brexit

Negociadores britânicos e europeus acertam detalhes sobre "parceria ambiciosa" após a saída do Reino Unido do bloco. Rascunho ainda precisa do aval dos líderes dos 27 Estados-membros do bloco.

As bandeiras de Reino Unido e União Europeia dentro da Comissão Europeia

No domingo, em cúpula extraordinária, os líderes dos 27 Estados-membros da UE discutirão o Brexit com Londres

A União Europeia (UE) e o Reino Unido chegaram a um pré-acordo sobre sua relação após o Brexit, comunicou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, nesta quinta-feira (22/11). O texto foi aprovado pelos negociadores, mas ainda precisa do aval  dos 27 Estados-membros da União Europeia.

"Acabei de enviar aos 27 [Estados-membros] um rascunho da declaração política sobre a futura relação entre a União Europeia e o Reino Unido. O presidente da Comissão Europeia [Jean-Claude Juncker] me informou que foi alcançado um acordo a nível dos negociadores e um acordo de princípio a nível político, que será sujeito ao aval dos líderes", escreveu Tusk na sua conta no Twitter.

De acordo com a agência francesa de notícias AFP, o texto da declaração política, que será anexado ao acordo de saída do Reino Unido e que possui 26 páginas, "estabelece os parâmetros de uma parceria ambiciosa, ampla, profunda e flexível" nos âmbitos comercial e de política externa, de defesa e de segurança.

O documento afirma que "as parte pretendem ter uma relação comercial que seja o mais estreita possível".

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, defendeu o rascunho alcançado nesta quinta-feira como "o acordo certo para o Reino Unido como um todo".

"O povo britânico que que isso seja resolvido. As pessoas querem um bom acordo que nos ponha a caminho de um futuro melhor. Esse acordo está ao nosso alcance e estou determinada a entregá-lo", disse a premiê.

O esboço dos laços pós-Brexit e um pré-acordo sobre os termos da saída saída do Reino Unido da União Europeia serão discutidos pelos líderes dos Estados-membros da UE numa cúpula extraordinária no próximo domingo.

Na semana passada, após o Reino Unido e a UE definirem o pré-acordo sobre os termos do Brexit, May recebeu o aval de seu conselho de ministros para o pacto. O acordo foi aprovado por ministros do bloco europeu nesta segunda.

Muitos observadores vêm apontado, no entanto, ser improvável que o Parlamento britânico vote a favor do acordo, de 585 páginas, apresentado por May – o que deixaria em aberto a questão de como a falta de um acordo do Brexit afetaria as economias do Reino Unido e da UE.

A declaração política alcançada nesta quinta é um documento à parte, que traça o tipo de relação que ambas as partes pretendem manter após o Brexit. Ao contrário do acordo sobre os termos da saída do bloco, a declaração política sobre a relação futura não é juridicamente vinculativa.

A chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, mostrou-se cautelosamente otimista quanto ao estado das negociações. Ela alertou que ainda há muito a ser debatido – especialmente com Londres – antes do acordo definitivo da saída britânica do bloco europeu. 

"Farei qualquer coisa para apoiar a obtenção de um acordo", disse Merkel, alertando que uma saída desordenada seria "o pior caminho possível" tanto para a economia quanto para a o futuro relacionamento entre Reino Unido e UE. O país deve deixar o bloco europeu em 29 de março do ano que vem.

PV/lusa/afp/ap/rtr/dpa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais