1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
 Luiz Inacio „Lula“ da Silva
Ex-presidente aparece como favorito para vencer a eleição nas principais pesquisasFoto: Ricardo Stuckert/DW

Pesquisa Ipec aponta Lula 12 pontos à frente de Bolsonaro

16 de agosto de 2022

A menos de 50 dias das eleições, ex-presidente petista aparece com 44% dos votos, e atual presidente, com 32%. Em eventual segundo turno, Lula venceria com 51%.

https://www.dw.com/pt-br/pesquisa-ipec-aponta-lula-12-pontos-%C3%A0-frente-de-bolsonaro/a-62811106

Uma pesquisa realizada pelo Ipec divulgada nesta segunda-feira (15/08) confirma o favoritismo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na eleição presidencial de 2022. Segundo o levantamento, o petista poderia ganhar já no primeiro turno se a disputa fosse realizada hoje.

No principal cenário do instituto, Lula aparece com 12 pontos percentuais à frente de Jair Bolsonaro. De acordo com os dados, Lula tem 44% dos votos totais, contra 32% de Bolsonaro.

Bem atrás aparecem Ciro Gomes (PDT), com 6%, a senadora Simone Tebet (MDB), com 2% e Vera Lúcia (PSTU), com 1%.

Pablo Marçal (Pros), José Maria Eymael (DC), Soraya Thronicke (União Brasil), Felipe D’Ávila (Novo), Sofia Manzano (PCB) e Leonardo Péricles (UP) não chegaram a 1%. Roberto Jefferson (PTB) não foi incluído na pesquisa, pois o levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antes do anúncio oficial de sua candidatura. 

Eleitores indecisos somam 7%. Nos votos totais, brancos e nulos somam 8%.

Levando em conta apenas os votos válidos, que desconsideram nulos/brancos e eleitores indecisos, Lula tem 52% e o atual presidente apenas 38%.

Lula venceria eventual segundo turno

No caso de um eventual segundo turno, Lula aparece novamente como favorito na disputa direta com Bolsonaro. De acordo com o Ipec, o petista venceria com 51% dos votos, e Bolsonaro ficaria com 35%. O instituto não testou outros cenários de segundo turno.

O Ipec foi criado por diretores que deixaram o Ibope depois do fechamento desse instituto. O instituto ouviu 2 mil pessoas em 130 municípios de todo o Brasil, entre 12 e 14 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

A última pesquisa nacional Ipec havia sido realizada em dezembro de 2021, e não pode ser comparada com a atual, já que ainda incluía pré-candidatos que desde então deixaram a disputa, como Sergio Moro e o ex-governador de São Paulo João Doria.

Mas a mais nova sondagem Ipec está em linha com outra divulgada no final de julho pelo Instituto Datafolha, que também mostrou ampla vantagem de Lula sobre o presidente Bolsonaro. No levantamento Datafolha, Lula apareceu com 47% das intenções de votos totais na corrida ao Palácio do Planalto, 18 pontos à frente de Bolsonaro (PL), que somou 29%.

Considerando apenas os votos válidos - que excluem brancos/nulos - Lula apareceu no Datafolha com 52%, também podendo já vencer no primeiro turno. Bolsonaro registrou apenas 32% dos válidos. O terceiro colocado, Ciro Gomes, apareceu com 9%.

A mais nova pesquisa Ipec também sinaliza que a enxurrada de benefícios que o governo Bolsonaro implementou neste ano eleitoral não está surtindo o efeito decisivo desejado pelo Planalto nas intenções de voto, com o presidente aparecendo 12 pontos atrás de Lula a menos de 50 dias da eleição presidencial.

jps (ots)