1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Príncipe Harry e duquesa Meghan
No Natal, Harry e Meghan já se afastaram temporariamente dos deveres reais para passar a data no CanadáFoto: picture-alliance/dpa/PA Wire/D. Lipinski
Sociedade

Harry e Meghan anunciam afastamento da família real

8 de janeiro de 2020

Casal afirma que não pretende mais desempenhar funções de "altos membros” da família real britânica e que vai buscar "independência financeira”, passando mais tempo na América do Norte.

https://www.dw.com/pt-br/harry-e-meghan-anunciam-afastamento-da-fam%C3%ADlia-real/a-51934548

O príncipe Harry e sua esposa, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, anunciaram em comunicado nesta quarta-feira (08/01) que vão deixar suas posições como membros do alto escalão da família real britânica. O casal pretende passar mais tempo na América do Norte e buscar independência financeira da família.

"Pretendemos dar um passo atrás como membros 'sêniores' da família real e trabalhar para nos tornar financeiramente independentes, continuando a apoiar totalmente Sua Majestade a Rainha", declararam Harry e Meghan em comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham.

"Após muitos meses de reflexão e discussões internas, optamos por fazer uma transição este ano, começando a desempenhar um novo papel progressivo", acrescentaram. "Agora, planejamos equilibrar nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte".

O casal explicou ainda que a vida entre a América do Norte e o Reino Unido possibilitará a seu filho, Archie, familiarizar-se com ambas as culturas, "além de oferecer à nossa família o espaço para se concentrar no próximo capítulo, incluindo o lançamento da nossa nova entidade beneficente".

"Estamos ansiosos para compartilhar todos os detalhes deste emocionante próximo passo no devido tempo, enquanto continuamos a colaborar com Sua Majestade, a Rainha, o Príncipe de Gales, o Duque de Cambridge e todas as partes relevantes."

Em comunicado, o Palácio de Buckingham comentou: "Compreendemos que eles desejem adotar uma abordagem diferente, mas esses são assuntos complicados, que exigirão tempo para elaborar."

Antes jornais britânicos haviam publicado boatos sobre uma possível mudança do casal para o Canadá, gerando especulações a respeito do futuro da família. No Natal, o casal já havia se afastado temporariamente dos deveres reais e passado a data no Canadá com Archie, nascido em maio de 2019.

Semanas antes, num documentário, Meghan contava sobre a pressão que vinha sofrendo desde que passara a fazer parte da família real. Ela contou que amigos haviam aconselhado que não se casasse com Harry por causa da cobertura que os tabloides aplicam à família real. Ela admitiu que não estava preparada para a intensidade dessa cobertura, e que vinha encontrando dificuldades em lidar com a maternidade por causa do interesse dos jornais

Já o príncipe Harry abordou no documentário os relatos de uma disputa entre ele e seu irmão William, o duque de Cambridge, afirmando que os dois estavam em "caminhos diferentes". Harry é o sexto na fila do trono, atrás do príncipe Charles, príncipe William e seus três filhos.

O anúncio ocorre após um ano turbulento para a família real britânica, que viu sua imagem ser arranhada por causa do  envolvimento do príncipe Andrew, tio de Harry e William, com o milionário americano Jeffrey Epstein, acusado de explorar adolescentes sexualmente antes de se suicidar na prisão.

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter