Feiras de Natal dão vida ao inverno na Alemanha | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 29.11.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Feiras de Natal dão vida ao inverno na Alemanha

As semanas que antecedem o Natal são um período muito especial na Alemanha. A partir do final de novembro, centenas de feiras de Natal mudam a paisagem urbana em todo o país.

default

Feira de Natal em Frankfurt

Para muitos, uma época fria, escura e sem graça. Para outros, um período festivo cheio de encantos. É com as feiras de Natal, espalhadas desde o menor lugarejo até os grandes centros, que o inverno ganha uma cor diferente, um cheiro e um gosto de fim de ano. Visitado por famílias, amigos, colegas de trabalho, o mercado de Natal é o local favorito para o happy hour na época mais fria do ano.

Mas não é fácil escolher aonde ir. Por isso, a DW-WORLD dá uma mãozinha e apresenta alguns dos Weihnachtsmärkte (mercadinhos de Natal) mais visitados. É só escolher e aproveitar. A apresentação está em ordem alfabética:

Aachen: cidade do Spekulatius

Milhões de pessoas visitam a feira de Natal da cidade no oeste do estado da Renânia do Norte-Vestfália. Aachen é famosa por ser a cidade de Carlos Magno. É na praça onde está a catedral que é possível experimentar o Reibekuchen (bolinho de batata ralada), as tradicionais bolachas Spekulatius e Aachener Printen, além das delícias de marzipã.

São mais de cem expositores/vendedores distribuídos no espaço. No passado, as crianças de Aachen acreditavam que o menino Jesus comprava os presentes que seriam entregues na noite de Natal lá mesmo na feira.

Weihnachtsmarkt am Genarmenmarkt in Berlin

Quatro milhões de turistas visitam as feiras de Natal na capital da Alemanha

Berlim: a feira mais visitada do país

A capital alemã apresenta diversas feiras de Natal. Uma das mais conhecidas é a da igreja Kaiser Wilhelm Gedächtniskirche (Igreja Memorial do Imperador Guilherme). Durante 16 dias, o cheiro de amêndoas torradas e vinho quente toma conta do ar. A cada ano, mais de quatro milhões de pessoas passam pelo local, fazendo com que esta seja a feira mais visitada do país.

Outro local interessante é o mercado de Natal no Gendarmenmarkt, uma das mais belas praças da Europa.

Colônia: o maior pinheiro da região do Reno

A cidade às margens do Reno recebe tantos visitantes em suas sete feiras de Natal que a polícia precisa ser acionada para controlar a multidão, que disputa espaço entre as 160 tendas já tradicionais junto à catedral gótica.

Weihnachtsmarkt am Dom in Köln

São sete mercados de Natal espalhados por Colônia

Há, ainda, outros mercados de Natal na cidade: em frente ao Museu do Chocolate, a já tradicional e muito visitada feira medieval; a do centro histórico (Weihnachtsmarkt auf dem Alter Markt); a da praça central Neumarkt; a da praça Rudolfplatz; a feira flutuante, no navio Wappen von Köln, e o do parque Stadtgarten.

Dresden: a mais antiga feira de Natal da Alemanha

A capital do estado da Saxônia orgulha-se de ter o mais antigo mercado de Natal da Alemanha. Fundada em 1434, o Dresdner Striezelmarkt tem seu nome derivado de Hefestriezel (bolo em forma de trança), que com o passar dos séculos virou o famoso Dresdner Christstollen, o bolo de Natal alemão. Típicos da cidade são ainda o Pflaumentoffel, um boneco da sorte feito com ameixas secas, e a maior pirâmide de Natal do mundo.

A pirâmide é uma estrutura giratória de madeira em forma de cone, que pode ter vários andares, decorados com figuras natalinas. O movimento giratório é obtido com o ar quente das velas acesas em sua base, que impulsiona as hélices no seu topo. São 8 metros de altura e mais de 40 figuras.

574. Striezelmarkt in Dresden

A pirâmide de Natal atrai milhares de visitantes a Dresden

Por estar próxima à serra Erzgebirge, Dresden é considerada "cidade do Natal" por excelência, pois nesta região são fabricados muitos adornos típicos desta época, principalmente em madeira. Não faltam também os tradicionais Räuchermänner (bonecos de madeira em que se coloca incenso), a típica cerâmica azul do Lausitz, as rendas de Plauen e as bolas de Natal feitas à mão.

Frankfurt: tradição de mais de 600 anos

A feira de Natal desta cidade no estado de Hessen tem muito a oferecer. Entre os destaques do mercado está a gigantesca árvore de Natal iluminada por quatro mil luzes e sinos dourados. O casario em estilo enxaimel dá um charme ao centro histórico.

Leipzig: o maior calendário do Advento do mundo

A feirinha de Natal de Leipzig, no estado da Saxônia, foi montada pela primeira vez em 1767. Como principal atrativo, está o maior calendário de Advento do mundo, na rua Böttchergasse, disposto em uma superfície de 857m². De 1º a 24 de dezembro, todos os dias às 16h30, é aberta uma das enormes janelas, de 2 por 3 metros.

Lübeck: a capital do marzipã

Lübeck teve a primeira feira de Natal em 1648. A cidade é famosa por ser a capital do marzipã, pasta feita de amêndoas moídas, açúcar e claras de ovos e que pode ser moldada em praticamente qualquer formato.

A cidade de Lübeck foi incluída pela Unesco na lista do patrimônio cultural da humanidade por causa de sua notável arquitetura medieval. E as ruas da "Rainha do Hansa" ganham um ar diferente no período natalino.

Amerikanische Familie in München Weihnachtsmarkt

Muitos turistas visitam a feira de Natal de Munique

Munique: uma das maiores feiras de presépios do mundo

A feira acontece na Marienplatz, que é o coração da cidade. O Kripperlmarkt, especializado em manjedouras e outros acessórios da cena do nascimento de Cristo, fica próximo ao Rindermarkt. Todos os dias há música de Natal ao vivo na sacada da prefeitura.

Nurembergue: a feira do menino Jesus

O Christkindlemarkt (feira do Menino Jesus) é a feira natalina mais conhecida do mundo. Mencionada pela primeira vez em 1628, ela é aberta todos os anos na sexta-feira antes do início do Advento e prossegue até a véspera de Natal. Desde 1948, realiza-se uma cerimônia especial de abertura, com o Menino Jesus (um papel cobiçado, representado por uma adolescente da cidade) declamando um prólogo.

Christkindlesmarkt

O menino Jesus é a figura principal do mercado de Natal em Nurembergue

A arquitetura medieval da cidade dá um toque ainda mais especial à atmosfera natalina. Cerca de 180 barraquinhas de madeira, decoradas com tecido branco e vermelho, oferecem não só o que a cidade tem de tradicional − Lebkuchen (pão de mel), Früchtebrot (bolo de frutas secas e especiarias) e a salsicha típica da cidade − como também artesanato da região.

Rostock: a maior feira do norte

A maior feira natalina do norte alemão tem duas peculiaridades: em primeiro lugar, a chegada do Papai Noel é num navio. Em segundo, a evidente integração com os países vizinhos. As 250 barraquinhas, espalhadas ao longo de três quilômetros, oferecem não só produtos típicos da região, como também especialidades da Finlândia, da Suécia e dos países bálticos.

Leia mais