Dilma se diz indignada e nega crime de responsabilidade | Veja todo o conteúdo audiovisual publicado na mediateca | DW | 19.04.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Dilma se diz indignada e nega crime de responsabilidade

Após votação do impeachment na Câmara dos Deputados, presidente se pronuncia pela primeira vez e diz que atos de que é acusada já foram praticados por presidentes anteriores.

Assistir ao vídeo 01:46
Ao vivo agora
01:46 min

Em seu primeiro pronunciamento após a aprovação do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, a presidente Dilma Rousseff se disse injustiçada. Ela reiterou que não cometeu crime para ser alvo do processo e acha que a imagem que foi transmitida para o mundo é a do "desvio e abuso de poder". Para ela, a decisão revela descompromisso com as práticas éticas e morais.