Descoberto novo desenho de Van Gogh | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 17.01.2018

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Cultura

Descoberto novo desenho de Van Gogh

Obra retrata colina em Montmartre e foi finalizada em 1886. Com a descoberta, pesquisadores autenticam também segundo desenho que já era atribuído ao pintor holandês.

A Colina de Montmartre de Van Gogh

"A Colina de Montmartre" também foi reconhecida com um autêntico Van Gogh

Especialistas holandeses confirmaram nesta terça-feira (16/01) a descoberta de um desenho até então desconhecido do pintor de Vicent van Gogh. O artista começou a trabalhar na obra quando estudava na academia da Antuérpia e a finalizou em Paris, em março de 1886.

"A descoberta foi confirmada após uma extensa pesquisa realizada pelo museu Van Gogh de estilo, técnica, materiais e procedência do que até agora era um desenho desconhecido da coleção da fundação Van Vlissingen Art", disse o museu em nota.

Leia também: O mito Vincent van Gogh

Assistir ao vídeo 04:48

Vida de Van Gogh vira filme de animação feito todo com pinturas

A obra, intitulada A Colina de Montmartre com a Pedreira, era investigada desde 2013. O novo desenho apareceu na coleção de Georgina Vermeer, que o comprou em 1917 e conhecia o famoso pintor. O trabalho esteve desaparecido durante anos e foi recuperado pelo neto de Vermeer, em 2013.

Com a descoberta, os especialistas confirmaram a autenticidade de outro desenho que era atribuído a Van Gogh. O trabalho intitulado A Colina de Montmartre, também de 1886, foi inicialmente rejeitado como sendo legítimo do pintor.

"Os dois desenhos são claramente feitos pela mesma mão e o estilo está relacionado com os desenhos modelo que Van Gogh fez pela primeira vez na Antuérpia e depois no estúdio de Cormon em Paris", afirmou Teio Meedendorp, pesquisador do Museu Van Gogh.

Segundo Meedendorp,  os materiais de desenho utilizados também são idênticos e os temas podem ser vinculados às pinturas que o artista fez em Montmartre na primavera e no começo do verão.

"A Colina de Montmartre com a Pedreira" ficará exposta ao público no Museu Singer, localizado na cidade holandesa Laren, até 6 de maio, junto a obras de Monet, Renoir e Picasso como parte de uma exposição de impressionistas, pós-impressionistas e expressionistas.

Desde 1970, quando foi feito o último catálogo de Van Gogh, foram descobertos nove desenhos e sete pinturas do artista holandês.

CN/efe/lusa/ap/afp

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais