Cliclista iraniano morre após acidente na Paralimpíada | Rio 2016 | DW | 17.09.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Rio 2016

Cliclista iraniano morre após acidente na Paralimpíada

Bahman Golbarnezhad deixa a pista num trecho de descida, cai e bate a cabeça contra uma pedra. Apesar do tratamento de emergência, ele não resiste aos ferimentos e morre no hospital.

Bahman Golbarnezhad

Bahman Golbarnezhad durante uma prova da Rio 2016

O ciclista iraniano Bahman Golbarnezhad morreu neste sábado (17/09) em consequência de um acidente durante a prova de ciclismo de estrada na classe C4-C5 dos Jogos Paralímpicos de Rio de Janeiro. Ele bateu com a cabeça contra uma pedra depois de cair fora da pista.

O atleta, de 48 anos, acidentou-se quando os competidores passavam pelo Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio, durante um trecho de descida. Ele recebeu tratamento de emergência e foi levado de ambulância para um hospital, mas não resistiu aos graves ferimentos.

Na quarta-feira, Golbarnezhad havia participado da prova contrarrelógio na mesma classe, terminando na 14ª colocação. A prova foi disputada na mesma pista.

O iraniano estava na sua segunda participação nos Jogos Paralímpicos, depois de ter estado nos Jogos de Londres, em 2012.

Acidentes com cliclistas aconteceram também nos Jogos Olímpicos, incluindo o da holandesa Annemiek Van Vleuten, que sofreu fraturas na espinha dorsal.

AS/efe/dpa/rtr

Leia mais