Alemães tocam Beethoven durante quarentena | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 24.03.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Coronavírus

Alemães tocam Beethoven durante quarentena

Seguindo exemplo da Itália, músicos da Alemanha aparecem em janelas e varandas de várias cidades, fazendo ressoar "Ode à alegria" em tempos de coronavírus. Convocação foi feita pelas redes sociais.

Músicos em janela

Músicos de Frankfurt participam de ação no último domingo

Nos últimos dias, a Pauliplatz, uma movimentada praça em Colônia, ficou em silêncio – não havia nenhuma criança brincando, quase nenhum carro e apenas alguns pedestres. Até os pássaros pareciam estar em quarentena. Mas, às 18h de domingo (22/03), várias janelas se abriram.

As notas de uma corneta podiam ser ouvidas, seguidas pelo som de uma flauta e de um clarinete. Um violino e um contrabaixo começaram a tocar do outro lado da praça. Não era uma orquestra completa, mas quase. Aqueles que não tocaram um instrumento simplesmente cantaram junto à melodia do último movimento da Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, recitando os versos do poema de Friedrich Schiller Ode à alegria, também conhecido como Hino à alegria.

A exemplo do que grupos de músicos fizeram na Itália, associações de música alemãs criaram a campanha "Músicos para a Alemanha" , apoiada por milhares de profissionais e amadores em todo o país.

A ação foi divulgada nas redes sociais para que o flash mob acontecesse no domingo. A notícia se espalhou rapidamente, com muitos baixando as partituras fornecidas pela organização. "Ninguém espera um evento musical perfeito! Estar presente é tudo" era o lema da campanha.

Como em Colônia, a música pode ser ouvida em várias cidades do país no domingo à noite. Em Stuttgart, músicos da orquestra da cidade participaram da atividade. Em Freiburg, membros da Orquestra Barroca da cidade foram aplaudidos por pessoas nas casas vizinhas após uma breve apresentação em um quintal.

Em Berlim, cantores da Ópera Estatal transformaram suas varandas em palcos. "Quando não são possíveis apresentações de ópera e shows com uma plateia ao vivo, precisamos recorrer a outros meios", disse o diretor geral de música de Stuttgart, Cornelius Meister. Inúmeras apresentações musicais foram filmadas em todo o país e compartilhadas na internet no fim de semana.

Por que Ode à Alegria?

A escolha da peça musical executada é simbólica. A Ode à Alegria representa um apelo à fraternidade e à solidariedade – e é também o hino da União Europeia.

"É uma ótima ideia seguir o exemplo dos italianos e tocar Ode à Alegria juntos", disse Malte Boecker, diretor da Casa de Beethoven, em Bonn, e diretor artístico da Sociedade de Aniversário de Beethoven.

A música também foi tocada na Casa de Beethoven no último domingo. Peter Materna, diretor do Jazzfest Bonn, tocou saxofone enquanto os funcionários cantaram em várias salas e janelas da casa. A cidade planeja uma série de eventos neste ano em comemoração ao 250º aniversário do compositor.

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter

Leia mais