Quem é o general e empresário Higino Carneiro? | Angola | DW | 01.04.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

Quem é o general e empresário Higino Carneiro?

Protagonista do processo de paz, empresário de referência e acusado de corrupção: é assim que os analistas angolanos descrevem Higino Carneiro. Arguido em vários processos, o deputado foi proibido de sair do país.

O nome de Higino Carneiro foi recorrentemente citado pela imprensa quando o Tribunal Provincial de Luanda condenou a sua filha, Katia Solange Carneiro, no passado 26, a um ano de prisão, com pena suspensa, por ter burlado um cidadão em 2016, que pretendia legalizar o seu terreno na zona do Mussulo, em Angola. Antes do iníco do julgamento, Katia Carneiro ressarciu o valor que havia burlado ao cidadão e fez o pagamento a título de juros ao ofendido, de acordo com a imprensa angolana.

Higino Carneiro, de 63 anos, é descrito como "o senhor negociador da paz". O político angolano representou o Governo nas negociações com a União Popular de Libertação de Angola (UNITA) em acordos como o de Alto Cauango, no Moxico, mediado pelo jornalista angolano William Tonet, em 1991. Este acordo deu origem a vários outros para o alcance da paz definitiva no país. Higino Carneiro foi uma peça-chave, diz o politólogo Agostinho Sicatu.

"Foi um protagonista do processo de paz. É dos poucos oficiais generais que participou em quase todos os processo de paz que Angola teve, mas marcou-lhe mais o estatuto de negociador em 1992, quando estávamos nos preparativos para o acordo de Bicesse, também no acordo de Lusaka para além de que também foi peça fundamental no entendimento para acordo do Luena que foram acordos complementar a do Lusaka”, explica Sicatu.

Higino Carneiro, o 4x4 angolano

Conhecido pelos angolanos pela alcunha de "4x4", Higino Carneiro já ocupou vários cargos no aparelho do Estado: foi vice-presidente da Assembleia Nacional, governador das províncias de Luanda, Cuando-Cubango e Kwanza Sul. Foi ainda ministro das Obras Públicas e é atualmente deputado do partido no poder, o MPLA, na Assembleia Nacional. 

Ouvir o áudio 03:31

Quem é o general e empresário Higino Carneiro?

Na governação de José Eduardo dos Santos, Carneiro era um governante que impunha respeito, recorda o politólogo Agostinho Sicatu.

"Higino Carneiro foi sempre tido como aquele indivíduo com algum carisma a quem se respeitava e se tinha algum medo. Não foi por acaso que lhe valeu o título de 4x4, porque tinha uma postura de governação bastante ordeira e militar."

Mas Higino Carneiro é acusado de corrupção e má gestão de fundos públicos.

"General enriqueceu com dinheiro público"

Segundo um artigo do portal Maka Angola, publicado em janeiro, o general "enriqueceu-se com dinheiro público": em Cuando-Cubango, haveria fundos públicos destinados à construção de escolas, casas e de um hospital que estariam a ser desviados em parte para a "construção de um lodge (pousada) privado" do deputado.

Em fevereiro, Carneiro foi constituído arguido por má gestão enquanto governador da província de Luanda, entre 2016 e 2017. Além disso, em agosto passado, a Inspeção Geral da Administração do Estado (IGAE) revelou que, em 2007, o Ministério das Obras Públicas, então liderado por Higino Carneiro, não justificou despesas de mais de 80 milhões de euros. Segundo a IGAE, entre os gastos por explicar estariam promoções de 14 funcionários que não reuniam requisitos legais para o efeito, bem como o pagamento de despesas de viaturas de pessoal estranho ao serviço.

Assistir ao vídeo 04:02

Angola: Para quando uma estratégia de combate à corrupção?

Sobre o assunto, Higino Carneiro, citado pela imprensa portuguesa, "disse que não tinha tempo para dar justificações".

A confirmarem-se estas denúncias, Carneiro terá feito o mesmo que outros políticos fizeram: "acumulação primitiva de capitais" - comenta o jornalista angolano Ilídio Manuel. Embora tenha investido na economia angolana. "O general Higino Carneiro é uma das figuras militares, políticas e também um dos empresários de grande referência. A semelhança dos demais, também fez acumulação primitiva de capitais e, ao contrário de muitos que andaram a esbanjar, fez investimentos no ramo da hotelaria, no ramo da agricultura”.

Investimentos de Higino Carneiro

Higino Carneiro tem investimentos no estrangeiro, incluindo em São Tomé e Príncipe, mas também em Angola. Segundo a imprensa, tem participações na cadeia Ritz, com mais de 10 unidades hoteleiras no país - a mais moderna, o hotel Victoria Garden, situado em Kilamba Kiaxi, nos arredores de Luanda. Do seu património constam ainda ações nos bancos Keve e Sol e uma companhia de aviação com 14 aeronaves.

Higino Carneiro é também um homem ligado ao desporto. O seu nome está associado ao Clube Recreativo do Libolo, que já conquistou quatro títulos no Girabola, o principal escalão do futebol nacional. A equipa é patrocinada pela Global Seguros, seguradora que tem como maior acionista o Banco Keve.

Mas o jornalista Ilídio Manuel lembra também que Higino Carneiro gosta de investir no desporto na sua terra natal: Calulu, na província de Kwanza Sul. "Deu um grande impulso no desenvolvimento do desporto sobretudo do futebol e do basquetebol, justamente na sua terra natal. Ao contrário de muitos, investiu na sua terra natal. Não perdeu aquelas raízes. E é bom que isso se assinale."

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados