Príncipe Harry e atriz Meghan Markle já são marido e mulher | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 19.05.2018

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Príncipe Harry e atriz Meghan Markle já são marido e mulher

O príncipe Harry, sexto na linha de sucessão ao trono britânico, e a ativista e atriz norte-americana Meghan Markle casaram-se este sábado (19.05) na capela de Saint-George, no castelo de Windsor, arredores de Londres.

A cerimónia religiosa começou pouco depois do meio-dia de sábado no Reino Unido e foi conduzida pelo deão de Windsor, o reverendo David Conner, sendo o arcebispo de Cantuária, Justin Welby, a oficializar a união entre Harry, de 33 anos, e Meghan Markle, de 36 anos.

Durante a cerimónia, o primaz da Igreja Episcopaliana dos Estados Unidos, Michael Curry, pronunciou um apaixonado discurso sobre o poder do amor para "ajudar e curar". "Há poder no amor. O amor pode ajudar e curar quando nada mais pode fazê-lo", disse o reverendo afro-americano.

UK | Hochzeit Prinz Harry & Meghan Markle | Trauung

Michael Curry, reverendo da Igreja Episcopaliana dos Estados Unidos

O sermão de Michael Curry citou ainda Martin Luther King sobre "o poder redentor do amor" e deu a sua bênção ao casal afirmando: "Se a Humanidade alguma vez capturar a energia do amor, será a segunda vez que descobriu o fogo". 

O reverendo referiu-se também à escravatura, para sublinhar o poder do amor nos cânticos dos escravos. 

Ouviu-se Gospel na capela de Saint-George

O sermão foi seguido da interpretação do clássico "Stand by Me", do cantor norte-americano Bem E. King, por um coro de Gospel dos Estados Unidos. 

O vestido branco da noiva foi criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, diretora artística da casa de alta-costura francesa Givenchy. 

A atriz e ativista Meghan Markle, norte-americana e de origem negra, usou uma tiara de diamantes, emprestada pela rainha Isabel II.

Após abandorarem a capela de Saint-George, o casal seguiu numa carruagem e integrou um cortejo que percorreu algumas ruas de Windsor, onde decorreu a cerimónia de casamento que conta com cerca de 600 convidados de todo o mundo.

UK | Hochzeit Prinz Harry & Meghan Markle |

Depois do casamento, o casal seguiu em carruagem por algumas ruas de Windsor

O casal, agora duque e duquesa de Sussex, ofereceu durante a tarde uma receção aos convidados no Castelo de Windsor. 

120 mil pessoas rumaram a Windsor

Nos arredores do castelo de Windsor, cerca de 120 mil pessoas marcaram lugar, algumas antes do amanhecer, para assistir ao casamento do ano no Reino Unido. 

Muitos acenavam bandeiras e todo o tipo de objetos, desde coroas, óculos escuros ou chapéus com as cores nacionais. 

O cortejo de carruagem por Windsor, pitoresca cidade a cerca de 30 quilómetros a oeste da capital britânica e conhecida por ser a residência de fim de semana da rainha Isabel II, durou cerca de meia hora.