José Eduardo dos Santos “é rei” em Angola | Angola | DW | 04.12.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

José Eduardo dos Santos “é rei” em Angola

Angola está-se a transformar numa monarquia e o Presidente angolano José Eduardo dos Santos é o seu "rei ou imperador". Quem o diz é Makuta Nkondo, ex-deputado independente da bancada da UNITA.

Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos

Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos

Makuta Nkondo diz que Makuta Nkondo acusa o Presidente José Eduardo dos Santos de transformar Angola numa monarquia

Makuta Nkondo acusa o Presidente José Eduardo dos Santos de transformar Angola numa monarquia

"O que se está a passar em Angola é puramente monárquico": é assim que Makuta Nkondo descreve a situação económica e política no país em entrevista à DW África.

O ex-assessor de Isaías Samakuva, de 2008 a 2012, e deputado independente pela bancada parlamentar da UNITA na última legislatura, acrescenta ainda: o Presidente de Angola está a preparar o seu filho José Filomeno ("Zénu") dos Santos como sucessor.

Makuta Nkondo, que no tempo colonial foi pioneiro da UPA e da FNLA, critica sobretudo o facto de “Zénu” ter sido nomeado membro do Conselho de Administração do Fundo Petrolífero angolano, o fundo estatal que gere 5 mil milhões de dólares.

DW África: Que balanço faz dos primeiros três meses depois das eleições de 31 de agosto?

Makuta Nkondo (MN): Durante a campanha eleitoral, houve água e energia elétrica em abundância. Até houve alimentação em abundância e distribuição de algumas casas construídas rapidamente. Mas, imediatamente depois da publicação dos resultados eleitorais, a água e a luz voltaram a faltar… O povo não tem nada.

DW África: No que diz respeito à carreira política do Presidente, diz-se que José Eduardo dos Santos está a preparar a sua sucessão. Na sua opinião, quem será o atual favorito para suceder a José Eduardo dos Santos na Cidade Alta?

José Filomeno Zénu dos Santos, filho do Presidente angolano José Eduardo dos Santos

José Filomeno "Zénu" dos Santos, filho do Presidente angolano José Eduardo dos Santos

MN: José Eduardo dos Santos está a preparar camufladamente o seu próprio filho, “Zénu” dos Santos, [como sucessor]. Ele já é praticamente o presidente, sem que isso tenha sido declarado publicamente ou mesmo sem que ele tenha tomado posse.

“Zénu” já está a representar o próprio pai em várias cerimónias no palácio. Foi “imposto” pelo pai para ser um dos administradores, senão o administrador mais importante, do Fundo Petrolífero. Ou seja, gere todas as receitas dos petróleos.

DW África: O que é que o leva a afirmar que “Zénu” está a ser preparado para suceder a José Eduardo dos Santos, uma vez que há outros nomes em cima da mesa – nomeadamente Fernando Dias dos Santos (“Nandó”) ou o próprio Manuel Vicente, que é vice-presidente?

MN: O “Nandó” era um dos favoritos de Eduardo dos Santos para a sua substituição, mas, depois destas eleições, o seu nome ficou mesmo riscado. Surpreendentemente, foi entregue ao “Nandó” a pasta de presidente da Assembleia Nacional. Manuel Vicente é vice-presidente da República, mas nota-se que, pouco a pouco, José Eduardo dos Santos se começa a afastar de Manuel Vicente.

Eduardo dos Santos está a preparar o filho. “Zénu” dos Santos está a intervir muito. Ele já está a agir como presidente, na sombra do pai. Nas cerimónias, “Zénu” senta-se às vezes à direita de Eduardo dos Santos. Era isso que também acontecia no Gabão com Ali Bongo, filho de [Omar] Bongo. Antes mesmo do pai morrer, já se falava em Ali Bongo. […]

DW África: Disse recentemente num artigo publicado online que José Eduardo dos Santos está a transformar Angola numa monarquia. Irene da Silva Neto, filha do primeiro presidente de Angola, Agostinho Neto, terá acusado o sucessor do pai de “dirigir o país como Bokassa I", o imperador centro-africano. Não acha essas acusações exageradas, uma vez que o partido que suporta o presidente foi eleito e dispõe de uma enorme maioria na Assembleia Nacional?

MN: O que se está a passar em Angola é puramente monárquico. Todo o poder económico está concentrado nas mãos dos filhos de José Eduardo dos Santos. Os poderes políticos estão concentrados nas mãos de uma só pessoa: Eduardo dos Santos. Não é o MPLA que manda em Angola, é Eduardo dos Santos que manda em Angola. Dos Santos é rei ou imperador, sem discussão.

Não é o MPLA que manda em Angola, é Eduardo dos Santos, diz Makuta Nkondo.

"Não é o MPLA que manda em Angola, é Eduardo dos Santos", diz Makuta Nkondo.

Autor: António Cascais
Edição: Guilherme Correia da Silva / António Rocha

Ouvir o áudio 03:41

José Eduardo dos Santos “é rei ou imperador” em Angola

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados