Congo: Presidente Dénis Sassou Nguesso reeleito | NOTÍCIAS | DW | 23.03.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Congo: Presidente Dénis Sassou Nguesso reeleito

Sassou Nguesso, que governa o país desde 1979, obteve 88,57 por cento dos votos, informou o ministro do Interior congolês, Raymond Zéphirin Mboulou, em entrevista à televisão estatal.

Kongo Verfassungsreferendum - Präsident Denis Sassou Nguessou

Denis Sassou Nguessou, Presidente da República do Congo

O Presidente da República do Congo, venceu as eleições de domingo (21.03) e chega assim ao quarto mandato consecutivo, de acordo com os resultados provisórios anunciados esta terça-feira, (23.03), pelo Governo.

O Presidente de 77 anos derrotou seis candidatos, incluindo seu principal rival, Guy-Brice Parfait Kolélas, que morreu neste domingo (21.03) quando foi evacuado de Brazaville, capital congolesa, para Paris após ser diagnosticado com Covid-19.

Segundo uma declaração feita pelo ministro do Interior, Rayomond Zéphirin Mboulou, à televisão estatal congolesa, a taxa de participação eleitoral foi de 67,55%. Em termos absolutos, o Presidente reeleito obteve 1.552.948 votos. Os resultados têm agora de ser validados pelo Tribunal Constitucional. 

Republik Kongo Wahlen Brazzaville

Campanha eleitoral de Denis Sassou Nguesso

Opositor vai recorrer

O adversário Mathias Dzon (1,90% dos votos) anunciou esta segunda-feira, (22.03), a intenção de interpor recurso junto do Tribunal Constitucional para cancelar a primeira volta das presidenciais. 

"O Governo pôs em prática um sistema fraudulento caraterizado pela abertura de mesas de voto ilegais, votação múltipla e compra de consciência, e desorientação dos eleitores", justificou Eric Okana, representante do partido de Mathis Dzo.   

"É num clima de paz que decorreu a campanha eleitoral. Creio que este é um bom sinal para a nossa democracia”, saudou Denis Sassou Nguesso neste domingo, após ter votado em Brazzaville. "Espero que o processo continue assim até o fim".

O Presidente Sassou Nguesso ainda poderá disputar um novo mandato em 2026, de acordo com a Constituição que aprovou em 2015.

Sassou Nguesso é um ex-paraquedista que assumiu o poder em 1979. Perdeu as primeiras eleições multipartidárias do Congo em 1992, mas voltou ao cargo em 1997 após uma guerra civil. Está há 36 anos, num total acumulado, à frente do país.

Leia mais