Cabo Verde: PAICV reforça presença nas autárquicas | Cabo Verde | DW | 26.10.2020

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cabo Verde

Cabo Verde: PAICV reforça presença nas autárquicas

Nas autárquicas deste domingo (25.10), o maior partido da oposição conquistou oito câmaras municipais, mais seis do que em 2016. Já o MpD perdeu a liderança em cinco das 18 câmaras que detinha, incluindo a da capital.

Kap Verde Kommunalwahlen

Janira Hopffer Almada, Presidente do PAICV, durante a votação

Foi a grande surpresa das oitavas eleições autárquicas cabo-verdianas realizadas este domingo (25.10): a derrota do partido no poder Movimento para a Democracia (MpD) e do presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, que se mostrou desapontado: "Não era o resultado que estávamos à espera, mas temos ainda até amanhã para ver o que aconteceu com calma, esperar pelo apuramento geral, mas em qualquer das circunstâncias nós aceitamos os resultados, a democracia é assim mesmo quando o povo fala tem sempre razão", afirmou.    

Óscar Santos vai ser substituído na Câmara Municipal da Praia por Francisco Carvalho, quadro do Ministério dos Negócios Estrangeiros que já foi Diretor Geral das Comunidades.

Kap Verde Kommunalwahlen

Jorge Carlos Fonseca, Presidente de Cabo Verde

"É uma vitória de todos os praienses"

Reagindo aos resultados das eleições, o novo presidente da Câmara Municipal da Praia afirmou apenas que "esta é uma vitória da Praia e de todos os praienses". Francisco Carvalho falava ao lado de Janira Hopffer Almada, a líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), que conquistou oito dos 22 municípios, ganhando assim novo fôlego para as eleições legislativas de 2021.

Janira Hopffer Almada não escondeu a satisfação: "Quero realçar a importância desta vitória em oito câmaras municipais - entre as quais na capital do país, na Câmara de São Filipe, que sempre foi muito simbólica para o PAICV, e na Câmara da Boa Vista pela sua dimensão do ponto de vista turístico e do impacto que tem. Mas também não posso deixar de realçar as câmaras do Tarrafal e de São Domingos (ilha de Santiago), que nunca foram governadas pelo PAICV, e a nossa vitória em Ribeira Grande de Santiago pela primeira vez desde que estão a ser feitas eleições", disse Janira Hopffer Almada, realçando ainda o facto "do MpD - ter perdido a maioria absoluta em duas câmaras importantes: a Câmara Municipal de São Vicente e a de Santa Catarina de Santiago".

O PAICV manteve ainda as câmaras municipais de Santa Cruz, na ilha de Santiago, e Mosteiros no Fogo.

"Maioria votou MpD", diz coordenador do partido

Kap Verde Kommunalwahlen

Primeiro-ministro e líder do MpD, Ulisses Correia e Silva

O MpD perdeu para o PAICV a liderança em cinco das 18 câmaras mas mantém o comando nos municípios do Sal, Maio, Brava, São Vicente, Tarrafal de São Nicolau, Porto Novo, Paul e Ribeira Grande de Santo Antão, Santa Catarina de Santiago, São Salvador do Mundo, São Lourenço dos Órgãos e São Miguel. Ou seja, lembrou António Maurício Santos, coordenador autárquico do Movimento para a Democracia, "pelos dados provisórios já publicados, o MpD venceu 14 das 22 câmaras do país. Continua a ser assim o maior partido autárquico cabo-verdiano. Uma maioria clara dos cabo-verdianos votou nos candidatos do MpD. Funcionou a democracia, perdemos algumas câmaras, ganhamos outras".

A taxa de abstenção situou-se em 41%. Para esta votação estavam inscritos 337.083 eleitores, distribuídos por 864 mesas de voto em todo o arquipélago, um aumento de 34.073 eleitores (+11%) face às eleições municipais anteriores, em 2016.  

Nas eleições deste domingo concorreram 65 listas às assembleias municipais e 64 às câmaras municipais, das quais 53 de partidos políticos (de quatro partidos) e 12 de grupos de cidadãos, segundo dados da Comissão Nacional de Eleições.

Assistir ao vídeo 02:57

Cabo Verde: Autárquicas em plena pandemia da Covid-19

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados