WePad: um anão berlinense enfrenta o tablet PC da gigante Apple | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 14.04.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

WePad: um anão berlinense enfrenta o tablet PC da gigante Apple

Mais uma batalha de Davi contra Golias. O lançamento do WePad pela Neofonie mostrou que a pequena empresa berlinense não se intimida com a grande rival Apple, e irá buscar sua parcela do mercado de tablet.

default

Helmut Hoffer von Ankershofen, diretor executivo da Neofonie

Apenas dez dias após o início das vendas do iPad nos Estados Unidos, Helmut Hoffer von Ankershofen, diretor executivo da Neofonie, lançou em Berlim o WePad. O novo tablet PC é uma resposta ao produto da norte-americana Apple, de Steve Jobs.

Em vez de "I" (eu), a empresa alemã usou "We" (nós) no nome do aparelho, sugerindo o conceito de coletividade no lugar do individualismo. Com o WePad, que custará entre 449 e 569 euros, seus usuários poderão ler notícias, revistas e livros, assim como ver filmes e navegar na internet. A empresa já conta com 20 mil pedidos.

A imprensa denominou o tablet alemão "assassino do iPad", apesar de seus criadores não concordarem com a denominação. "Não é assim que nos vemos, de forma alguma, isso seria extremamente presunçoso e arrogante", disse Ankershofen.

Para o diretor da Neofonie, o mercado de tablet tem espaço para mais de um fabricante. "Eu mesmo vou comprar um iPad para mim", disse Ankershofen, complementando em seguida: "Mas claro que adicionalmente ao WePad".

Vantagens do novo tablet

Para Ankershofen, o WePad é uma alternativa ao iPad, sendo um aparelho melhor para determinados públicos. "O WePad é a mesma coisa que o iPad, mas pode fazer mais coisas. Só para desenho o iPad é melhor", afirmou.

Do ponto de vista técnico, o tablet alemão, além de ser um pouco mais barato do que o americano, traz algumas vantagens para o usuário, como, por exemplo, o processador Intel Atom N450 Neofonie com maior rendimento que o da Apple. Também com o Adobe Flash, o usuário poderá assistir a filmes oferecidos na internet.

WePad Tablet PC der Firma Neofonie

Novo tablet PC WePad

Diferentemente da fabricante americana, o tablet alemão de 29 x 19 cm conta com teclado externo, duas portas USB, leitor para cartão de memória e uma câmera webcam integrada. "Com o Wepad, não se pode apenas fazer audioconferências, mas também videoconferências", disse Ankershofen.

Outra vantagem é que o WePad não exige nenhum software específico para acrescentar músicas ao tablet, enquanto o iPad necessita do iTunes. A empresa alemã também aposta na oferta dos programas open-source (código aberto) como o editor de texto gratuito Open Office.

De pequena a grande

Ao contrário da grande estrutura da rival Apple, a Neofonie conta apenas com 170 empregados. Mas, como uma pequena empresa berlinense pode construir um aparelho de última geração e concorrer com a grande companhia americana?

"Temos apoio de grandes renomadas empresas como Adobe e Intel. E é claro que o aparelho não é produzido em nosso porão, mas sim – da mesma forma como todos os aparelhos que se conhece no mercado – em uma grande fábrica na Ásia, explica Ankershofen.

A Gruner+Jahr, editora de Stern e Gala, já anunciou que oferecerá as revistas via WePad. Outros veículos suíços e alemães – como a poderosa Springer, editora do jornal Bild – também já manifestaram interesse em fornecer seus conteúdos por meio do aparelho.

Apostando nos atributos do novo tablet, Ankershofen não se deixa intimidar pelo tamanho da empresa americana. "O mercado é muito mais amplo que o mundo dos usuários de Apple."

DD/dw/dpa
Revisão: Augusto Valente

Leia mais