1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
FutebolAlemanha

Sadio Mané – o golpe de mestre dos bávaros

Gerd Wenzel
Gerd Wenzel
21 de junho de 2022

Contratado pelo Bayern de Munique, jogador senegalês vai agregar muito valor ao clube e à Bundesliga como um todo – não apenas por seu talento, mas também por sua forte personalidade que irradia para o grande público.

https://p.dw.com/p/4CyrP
Jogador de futebol Sadio Mané com camisa da seleção do Senegal
Herói nacional adorado no Senegal, Sadio Mané ajudou a seleção do país a conquistar pela primeira vez a Copa Africana das NaçõesFoto: Celso Bayo/ZUMA/picture alliance

O Bayern contratou não apenas um jogador de classe mundial, mas também um herói nacional adorado no Senegal, seu país de origem. Como jogador, ajudou a seleção senegalesa a conquistar pela primeira vez a Copa Africana das Nações no começo do ano, e como ser humano, sua prontidão em apoiar causas beneficentes é cantada em prosa e verso.

Sadio Mané fez doações volumosas que resultaram na construção de escolas e hospitais na sua terra natal. Até hoje ele continua enviando somas consideráveis de dinheiro para garantir o sustento de inúmeras famílias de seu vilarejo. Durante a pandemia, enviou recursos para que a pequena localidade tivesse condições de tratar infectados pelo coronavírus.          

Aos sete anos de idade, Mané ficou órfão de pai e teve, logo cedo, que ajudar no sustento da família e assumir responsabilidades. "Passei fome quando criança e fui obrigado a trabalhar no campo. Foram tempos difíceis. Jogava futebol descalço e não passei por um treinamento adequado na minha infância e adolescência. Com o dinheiro que ganho atualmente, eu quero mesmo é ajudar outras pessoas", declarou recentemente.

Nos times que já atuou, como RB Salzburg e Liverpool, por exemplo, ficou patente a sua capacidade de rapidamente se integrar ao elenco, qualidade que certamente tornará sua vida mais fácil no Bayern, onde encontrará um grupo considerável de jogadores que falam francês. Não bastasse isso, por conta de sua passagem pelo RB Salzburg (2012 – 2014), adquiriu razoável domínio do idioma alemão. É mais um fator facilitador visando sua adaptação em Munique.

O papel de Salihamidzic

Fato é que com a aquisição de Sadio Mané, hoje com 30 anos de idade, os bávaros deram um golpe de mestre, e, honra seja feita, desta vez o diretor de esportes do Bayern, Hasan Salihamidzic, teve papel preponderante na contratação.

Já no começo do ano Salihamidzic sacou que poderia haver uma chance de contratar o atacante. Teve inúmeros encontros secretos com o agente Björn Bezemer e também com o próprio jogador.

Convenceu a ambos de que uma transferência para Munique seria vantajosa para todos os envolvidos. Em outras palavras: seria um negócio do tipo "ganha-ganha". Ninguém perde, todos ganham, e todo mundo sai satisfeito da mesa de negociações.

Para sacramentar a transferência, Salihamidizic viajou para Londres acompanhado de uma delegação do clube e fechou o negócio por um preço justo na última sexta-feira (17/06).

Novas opções para Julian Nagelsmann

Nesta altura, Julian Nagelsmann, técnico do Bayern, já deve estar pensando na melhor maneira de aproveitar o talentoso Mané no seu esquema tático. Vale lembrar que no Liverpool o senegalês formava um trio ofensivo com Salah e Firmino – trio cuja principal característica era um futebol veloz, rente ao gramado, vertical e quase sempre em direção ao gol.

O jovem Nagelsmann é conhecido por sua ousadia tática, e é bem provável que com Mané no elenco, o treinador faça algumas experiências táticas. Uma delas poderia ser a de abrir mão de um atacante de ofício, a exemplo do que acontecia no Liverpool. Mané prefere jogar pelo flanco esquerdo, mas na temporada passada chegou a atuar também pela faixa central do ataque no sistema 4-3-3 preconizado por Jürgen Klopp.

De todo modo, Nagelsmann talvez cogite formar seu ataque sem contar com Robert Lewandowski que, mais cedo ou mais tarde, vai deixar Munique. Mané certamente não é um substituto ideal para o craque polonês, mas por conta da sua flexibilidade ofensiva pode oferecer algumas opções táticas diferenciadas para o inteligente técnico do Bayern.

Uma nova atração na Bundesliga

Erling Haaland deixou o Borussia Dortmund e se não agora, mas o mais tardar no ano que vem, Robert Lewandowski vai embora do Bayern. É um duro revês não apenas para os dois clubes, mas também para o campeonato alemão como um todo, especialmente no que se refere à comercialização da marca Bundesliga no mercado internacional.    

Nada como uma contratação de peso para dar um novo brilho à imagem dessa competição que celebra sua 60ª edição na temporada 2022/2023. Sadio Mané vai agregar muito valor ao campeonato, não apenas pelo seu talento, mas também por sua forte personalidade que irradia para o grande público.

Para comemorar a chegada de Mané, a diretoria do Bayern organizou a apresentação oficial dele seguida de coletiva de imprensa nesta quarta-feira (22/06). Tudo com muita pompa e circunstância na Allianz Arena, em Munique.

Como se vê, os bávaros festejarão o seu golpe de mestre com tudo a que têm direito.

_______________________________

Gerd Wenzel começou no jornalismo esportivo em 1991 na TV Cultura de São Paulo, quando pela primeira vez foi exibida a Bundesliga no Brasil. Atuou nos canais ESPN como especialista em futebol alemão de 2002 a 2020, quando passou a comentar os jogos da Bundesliga para a OneFootball de Berlim. Semanalmente, às quintas, produz o Podcast "Bundesliga no Ar". A coluna Halbzeit é publicada às terças-feiras. 

O texto reflete a opinião do autor, não necessariamente a da DW.  

Pular a seção Mais dessa coluna

Mais dessa coluna

Mostrar mais conteúdo
Pular a seção Sobre esta coluna

Sobre esta coluna

Halbzeit

Gerd Wenzel começou no jornalismo esportivo em 1991, quando pela primeira vez foi exibida a Bundesliga no Brasil. Na coluna Halbzeit, ele comenta os desafios, conquistas e novidades do futebol alemão.

Pular a seção Conteúdo relacionado

Conteúdo relacionado