Reino Unido intercepta clandestinos no Canal da Mancha | Notícias internacionais e análises | DW | 22.04.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Reino Unido intercepta clandestinos no Canal da Mancha

Dezenas de migrantes, entre eles crianças, seriam originários do Irã e Iraque. Autoridades britânicas alertam para perigos de tentar atravessar em barcos pequenos a via marítima mais movimentada do mundo.

A Guarda Costeira e a Força de Fronteira do Reino Unido interceptaram nesta segunda-feira (22/04) um total de 36 migrantes na tentativa de atravessar em pequenos barcos o Canal da Mancha, que separa o país da França.

O primeiro dos três episódios envolveu dez homens que se disseram iranianos e um iraquiano. Eles foram levados à cidade portuária de Dover para cuidados médicos e serem interrogados. No segundo caso, a embarcação levava 15 homens, mulheres e crianças iraquianos. No terceiro, foram interceptados nove homens e uma mulher do Irã.

Nos últimos seis meses, as autoridades britânicas têm registrado um pico no número de migrantes tentando atravessar o Canal da Mancha, que é considerado a via de navegação marítima mais movimentada do mundo. Quase 500 pessoas, inclusive dezenas de crianças, tentaram a travessia em barcos de pequeno porte, desde novembro. Em dezembro, Londres declarou o incremento um "incidente de peso".

"Todo aquele que atravesse o Canal num barco pequeno está colocando em enorme risco a sua vida e a de seus filhos", declarou nesta segunda-feira um porta-voz do Ministério do Interior, acrescentando que o país e a França acordaram sobre um plano de ação para enfrentar o problema.

AV/ap,dw

_______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais