Polícia faz busca em escritórios da Volks na França | Notícias internacionais e análises | DW | 18.10.2015
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Polícia faz busca em escritórios da Volks na França

Agentes apreenderam documentos e computadores de dois escritórios da montadora. Investigação faz parte do escândalo da adulteração de emissões de gases poluentes de veículos a diesel da empresa.

Policiais franceses fizeram uma busca na sede francesa da gigante automobilística alemã Volkswagen, confirmou neste domingo (18/10) um porta-voz da empresa. Investigadores revistaram o escritório principal, em Villers-Cotterets, assim como um segundo escritório perto de Paris, como parte de uma investigação sobre o escândalo sobre adulteração de emissões de gases poluentes em veículos da empresa.

Funcionários da Justiça afirmaram que documentos e computadores foram apreendidos. Autoridades italianas realizaram uma batida semelhante na semana passada.

As investigações têm ligação com as revelações que vieram à tona em setembro, quando a Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou a Volkswagen de manipular as emissões de gases poluentes através do uso de um software instalado nos veículos a diesel da empresa. A montadora reconheceu a fraude e anunciou que mais de 11 milhões de carros em todo o mundo possuem o motor adulterado.

A França estima que cerca de 1 milhão de veículos – incluindo das subsidiárias da Volks, Audi, Skoda, Seat – contendo o software foram vendidos dentro das fronteiras do país nos últimos anos.

O escândalo levou a demissão do presidente executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn, que se demitiu também neste sábado da presidência da maior acionista da montadora, a Porsche Holding. Ele foi substituído na Volkswagen por Matthias Müller, que é ex-chefe da marca de luxo do grupo, a Porsche.

MD/afp/dpa

Leia mais