Pitadas: Zimtsterne, estrelas de canela para o Natal | Colunas semanais da DW Brasil | DW | 16.12.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Colunas

Pitadas: Zimtsterne, estrelas de canela para o Natal

Biscoitos à base de amêndoas e canela estão entre os mais típicos no período natalino na Alemanha. Pesquisa coloca zimtsterne entre os dez quitutes natalinos mais apreciados no país.

Zimsterne

Zimtsterne têm massa leve e delicada

É difícil pensar em Natal na Alemanha sem zimtsterne, biscoitinhos de amêndoas e canela. Eles fazem tão parte das comemorações natalinas quanto o pinheiro decorado e os presentes. De acordo com uma pesquisa, o doce está entre um dos dez quitutes de Natal favorito dos alemães, ao lado de outros clássicos, como spekulatius e lebkuchen.

As estrelas de canela são originárias da região da Suábia, no sudoeste da Alemanha. Apesar de levar poucos ingredientes – claras em neve, açúcar, amêndoas moídas e canela –, o difícil da receita é acertar a consistência da massa, que geralmente não inclui farinha.

Leia também: Pitadas: Printen, biscoito natalino de melado e especiarias

Mas há algumas dicas para facilitar: para que a massa não fique grudenta, não use ovos grandes demais. Se mesmo assim a massa ainda estiver muito líquida, acrescente mais um pouco de amêndoas moídas.

Vale a pena se arriscar na receita. Adoro a consistência leve e delicada da massa e a combinação do sabor da canela com as amêndoas. Lembra um pouco a consistência dos macarons franceses.

Na Alemanha, também é possível encontrar as zimsterne industrializadas, vendidas em supermercados, ou em versões mais artesanais nos mercados de Natal. Mas, para muitos, a versão caseira é a melhor.

Confira a receita:

Ingredientes (para cerca de 50 biscoitos)

250 g de açúcar de confeiteiro e mais um pouco para a superfície de trabalho

3 claras

Sal

2 colheres (chá) rasas de canela

350 g de amêndoas moídas

Farinha de trigo

Papel-manteiga

Forminha em formato de estrela

Um pouco de farinha de trigo

Modo de preparo

Peneirar o açúcar de confeiteiro. Bater as três claras em neve, com uma pitada de sal. Acrescentar o açúcar de confeiteiro às claras em neve aos poucos. Separar oito colheres de sopa da mistura para pincelar sobre as bolachas depois. Ao restante da mistura, acrescentar a canela e as amêndoas. Levar à geladeira por meia hora.

Abrir a massa, em porções menores, sobre uma superfície polvilhada com açúcar de confeiteiro ou coberta de filme plástico até ficar com 0,5 centímetro de espessura. Para que a massa não grude no rolo, você pode encapá-lo com filme plástico.

Com uma forminha em formato de estrela, passada na farinha, cortar estrelas na massa. Sempre retrabalhar as rebarbas da massa e abri-la novamente. Para a massa não grudar na forminha, passá-la pela farinha de tempos em tempos. Preaquecer o forno a 150 °C. Dispor as estrelas sobre uma forma coberta de papel-manteiga.

Com um pincel de cozinha ou uma faca de ponta arredondada, cobrir as estrelas com a clara em neve com açúcar. Assar os biscoitos (uma forma no forno por vez) por cerca de 15 minutos. Retirar os biscoitos do forno assim que a parte de baixo ficar levemente amarronzada. Eles endurecem mais quando esfriam. 

Toda semana, a coluna Pitadas traz receitas, curiosidades e segredos da culinária europeia, contados por Luisa Frey, jornalista aspirante a mestre-cuca.

___________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais