Pesquisas apontam vitória de Bolsonaro no segundo turno | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 28.10.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Eleições 2018

Pesquisas apontam vitória de Bolsonaro no segundo turno

Candidato do PSL recua e aparece com 54% dos votos válidos em sondagem do Ibope, contra 46% de Haddad. No Datafolha, placar é de 55% a 45%. Distância cai até dez pontos percentuais em relação a pesquisas anteriores.

Os candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)

Dois candidatos de projetos distintos, Bolsonaro e Haddad disputam o segundo turno neste domingo

As últimas pesquisas de intenção de voto do Datafolha e do Ibope, divulgadas neste sábado (27/10), apontam vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições presidenciais. A vantagem sobre Fernando Haddad (PT), contudo, caiu em relação a sondagens anteriores.

No Datafolha, a diferença entre os dois candidatos despencou de 18 para dez pontos percentuais em nove dias. Bolsonaro aparece com 55% dos votos válidos, contra 45% de Haddad. O placar era de 56% a 44% na última quinta-feira, e de 59% a 41% em 18 de outubro.

Já no Ibope, a distância entre os postulantes à Presidência é ainda menor, tendo diminuído de 18 para apenas oito pontos percentuais em 12 dias. Enquanto o candidato do PSL tem 54% dos votos válidos, o petista chega a 46%. O instituto apontava um resultado de 57% a 43% na última terça-feira e de 59% a 41% em 15 de outubro.

Os dados equivalem aos votos válidos, ou seja, não consideram os nulos, brancos ou indecisos. O método é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado da eleição. No primeiro turno, o capitão da reserva conquistou 46% dos votos válidos, e o petista, 29%.

Se forem levados em consideração os votos totais, Bolsonaro tem 47% das intenções no Datafolha, contra 39% de Haddad. Os votos nulos ou brancos somam 8%, e 5% não souberam responder. No Ibope, o candidato do PSL tem 47%, e o petista, 41%. Outros 10% votam nulo ou branco, e 2% não responderam ao questionamento.

Segundo o Datafolha, levando em conta somente os votos totais das mulheres, Haddad ultrapassa o adversário: ele tem 42% das intenções femininas, contra 41% de Bolsonaro. Na sondagem anterior, de quinta-feira, o resultado era o contrário: 42% a 41% para o capitão reformado.

Os institutos também perguntaram aos entrevistados em qual dos dois candidatos eles votariam com certeza, poderiam votar ou não votariam de jeito nenhum. No Datafolha, a rejeição de Bolsonaro foi de 45%, e a de Haddad, de 52%. Ao Ibope, 39% dos entrevistados disseram que não votariam de jeito nenhum no capitão reformado, enquanto 44% afirmaram o mesmo sobre o petista.

Bolsonaro tem mais eleitores convictos. Ao Datafolha, 46% disseram que votariam com certeza no candidato do PSL, e 38% declararam voto certo em Haddad. No Ibope, a certeza no voto em Bolsonaro foi de 39%, e a do ex-prefeito de São Paulo, de 33%.

O Datafolha apontou ainda que poucos eleitores pretendem mudar seu voto antes da ida às urnas neste domingo. Entre o eleitorado de Bolsonaro, 94% disseram estar totalmente decididos, enquanto 6% admitiram que ainda podem alterar a escolha. Em relação a Haddad, 93% estão totalmente certos, e 7% disseram que seu voto pode mudar até o último momento.

A pesquisa Datafolha ouviu 18.371 eleitores em 340 municípios e foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo. Já a sondagem Ibope entrevistou 3.010 pessoas e foi encomendada pela mesma emissora e pelo jornal Estado de S. Paulo.

Ambos levantamentos foram realizados entre esta sexta-feira e sábado e têm margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95% nas duas pesquisas.

EK/abr/ots

_____________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais