Morre aos 78 anos a tenista Maria Esther Bueno | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 09.06.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Esporte

Morre aos 78 anos a tenista Maria Esther Bueno

Ícone do esporte brasileiro sofria de câncer e estava internada desde maio. Durante sua carreira, ela alcançou o posto de número um do mundo em quatro temporadas e conquistou 19 títulos de Grand Slam.

Maria Esther Bueno em 1960, quando ganhou pela segunda vez o torneio de Wimbledon

Maria Esther Bueno em 1960, quando ganhou pela segunda vez o torneio de Wimbledon

A tenista Maria Esther Bueno morreu nesta sexta-feira (08/06), aos 78 anos, em São Paulo, devido a um câncer na boca. Ela estava internada desde maio. Sua morte foi confirmada por um sobrinho. Ela não teve filhos.

Bueno foi a maior tenista do país e ficou conhecida como a Bailarina do Tênis. Durante sua carreira, ela conquistou 19 títulos de Grand Slam e alcançou o posto de número um do mundo nas temporadas de 1959, 1960, 1964 e 1966.

Nascida em São Paulo, Bueno começou a jogar tênis no Clube de Regatas Tietê. Aos 14 anos, conquistou o primeiro título brasileiro. Aos 19, veio o primeiro Grand Slam, em Wimbledon, na Inglaterra, em 1959.

Ela entrou ainda para a história mundial do tênis ao ser a primeira mulher a fechar o calendário Grand Slam de duplas, em 1960, quando ganhou os quatro maiores torneios – Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e o Aberto dos EUA – na mesma temporada. Depois dela, apenas Martina Navratilova (1984), Pam Shriver (1984) e Martina Hingis (1998) repetiram a proeza.

Bueno deixou as quadras em 1977. Ao longo de sua carreira, a tenista conquistou 589 títulos e entrou para o hall da fama em 1978. Em 2016, conduziu a tocha olímpica e participou da cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos do Rio. Nos últimos anos, ela se tornou comentarista dos canais SporTV.

CN/ots

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Leia mais