Ministro da Fazenda renuncia para disputar eleição | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 06.04.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Ministro da Fazenda renuncia para disputar eleição

Henrique Meirelles não anuncia o cargo que pretende concorrer. Ele é filiado ao MDB e já declarou que não tem a intenção ser candidato a vice-presidente.

Henrique Meirelles

Meirelles assumiu Ministério da Fazenda em maio de 2016

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou nesta sexta-feira (06/04) sua renúncia para disputar as eleições de outubro. Ele não informou a qual cargo pretende concorrer.

"Encerro um ciclo muito importante da minha vida. Sempre me coloquei a serviço do Brasil, independentemente do partido no governo. Tive o prazer de ajudar o país a sair de crises econômicas sérias em dois momentos", declarou Meirelles.

O ministro se filiou ao MDB, partido do presidente Michel Temer, na terça-feira. Segundo o jornal Folha de São Paulo, Meirelles deve ser candidato a presidente. Ele já havia declarado que não pretende concorrer como vice-presidente e nem como governador ou senador.

Com a renúncia, o comando do ministério será assumido pelo secretário-executivo, Eduardo Guardia. Meirelles disse que seu sucessor tem o aval de Temer para continuar o trabalho de ajuste fiscal e de recuperação da economia. 

Meirelles, que foi presidente do Banco Central entre 2003 e 2010, assumiu o Ministério da Fazenda em maio de 2016. Na pasta, ele aprovou o teto federal de gastos e participou das negociações da reforma trabalhista. O ministro, porém, não conseguiu avançar na reforma da Previdência e aprovar medidas de ajuste fiscal.

CN/abr/lusa/ots

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais