Ministro da Fazenda renuncia para disputar eleição | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 06.04.2018

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Ministro da Fazenda renuncia para disputar eleição

Henrique Meirelles não anuncia o cargo que pretende concorrer. Ele é filiado ao MDB e já declarou que não tem a intenção ser candidato a vice-presidente.

Henrique Meirelles

Meirelles assumiu Ministério da Fazenda em maio de 2016

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou nesta sexta-feira (06/04) sua renúncia para disputar as eleições de outubro. Ele não informou a qual cargo pretende concorrer.

"Encerro um ciclo muito importante da minha vida. Sempre me coloquei a serviço do Brasil, independentemente do partido no governo. Tive o prazer de ajudar o país a sair de crises econômicas sérias em dois momentos", declarou Meirelles.

O ministro se filiou ao MDB, partido do presidente Michel Temer, na terça-feira. Segundo o jornal Folha de São Paulo, Meirelles deve ser candidato a presidente. Ele já havia declarado que não pretende concorrer como vice-presidente e nem como governador ou senador.

Com a renúncia, o comando do ministério será assumido pelo secretário-executivo, Eduardo Guardia. Meirelles disse que seu sucessor tem o aval de Temer para continuar o trabalho de ajuste fiscal e de recuperação da economia. 

Meirelles, que foi presidente do Banco Central entre 2003 e 2010, assumiu o Ministério da Fazenda em maio de 2016. Na pasta, ele aprovou o teto federal de gastos e participou das negociações da reforma trabalhista. O ministro, porém, não conseguiu avançar na reforma da Previdência e aprovar medidas de ajuste fiscal.

CN/abr/lusa/ots

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais