Matemático que decifrou código nazista vai estampar nota de 50 libras | Notícias internacionais e análises | DW | 16.07.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Europa

Matemático que decifrou código nazista vai estampar nota de 50 libras

Pai da computação, Alan Turing criou máquina que prenunciava o computador e decifrou código usado por nazistas para transmitir ordens na Segunda Guerra. Por ser gay, herói de guerra foi condenado à castração química.

Nova nota de 50 libras virá estampada com foto e citação de Alan Turing

Nova nota de 50 libras deve começar a circular em 2021

O matemático e cientista da computação Alan Turing, conhecido por decifrar o código nazista Enigma, na Segunda Guerra Mundial, estampará a nova nota de 50 libras do Banco da Inglaterra.

"Alan Turing foi um excelente matemático cujo trabalho teve um enorme impacto na forma como vivemos hoje", disse o presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney, nesta segunda-feira (15/07). Uma declaração do Banco Central britânico lembrou que ele "forneceu as bases teóricas para o computador moderno".

A máquina eletromecânica de Turing, que prenunciava o computador, decodificou o Enigma, código "impossível de decifrar" que os nazistas usavam para transmitir ordens para sua cadeia de comando. A existência de Bletchley Park, local de trabalho de Turing, ao norte de Londres, permaneceu em segredo até a década de 1970.

"Como pai da ciência da computação e inteligência artificial, bem como herói de guerra, as contribuições de Alan Turing foram inovadoras e de grande envergadura", apontou Carney. "Turing é um gigante sobre cujos ombros tantos se encontram agora."

Os historiadores atribuem ao trabalho de Turing o fim da guerra, o que poupou milhares de vidas.

O matemático também desenvolveu o chamado Teste de Turing, que foi projetado para determinar se as máquinas são capazes de exibir comportamento inteligente semelhante ao humano. Tornou-se um fundamento da filosofia e ética do que mais tarde ficou conhecido como inteligência artificial.

O filme de 2014 O jogo da imitação, vencedor do Oscar de melhor roteiro, é uma cinebiografia de Turing.

O matemático britânico Alan Turing, considerado o pai da computação

Historiadores afirmam que trabalho de Turing apressou o fim da guerra e salvou milhares de pessoas

Mas o cientista foi privado de seu trabalho e condenado à castração química em 1952, depois de ter sido preso por indecência grave, ao manter relações sexuais com um homem – uma ofensa criminal na época. Turing morreu em 1954, embora não esteja claro se ele tirou a própria vida.

Em 2009, o então primeiro-ministro britânico Gordon Brown pediu desculpas postumamente a Turing em nome do governo. Em 2013, após pressão de ativistas em todo o Reino Unido, a rainha Elizabeth 2ª concedeu perdão real ao matemático.

No Reino Unido, a Lei Alan Turing, de 2017, perdoou todos os homens que haviam sido condenados por indecência grave. Os atos homossexuais entre homens foram descriminalizados na Inglaterra e no País de Gales em 1967. Em 2000, a idade de consentimento – ou seja, a idade em que uma pessoa é considerada legalmente capaz de consentir em atos sexuais – foi igualada para homessexuais e heterossexuais.

A nota de 50 libras também incluirá uma citação de Turing sobre as possibilidades da inteligência de máquina. "Esta é apenas uma antecipação do que está por vir e apenas a sombra do que vai ser", diz a frase que aparecerá ao lado de uma tabela e fórmula de um de seus trabalhos, publicado em 1936.

Já a nova nota de 20 libras será estampada com o pintor William Turner, anunciou também o Banco da Inglaterra. Espera-se que as notas entrem em circulação em 2021.

O Banco da Inglaterra emite notas para a Inglaterra e o País de Gales, mas não é responsável pelos desenhos das notas emitidas separadamente na Escócia e na Irlanda do Norte por sete bancos distintos.

CA/rtr/afp/dw

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube
App | Instagram | Newsletter

Leia mais