1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
O ex-presidente Lula
Foto: Andre Penner/AP/picture alliance

Lula segue com 45% das intenções de voto, diz Datafolha

16 de setembro de 2022

Em nova pesquisa, petista mantém favoritismo na disputa pela Presidência, com 12 pontos percentuais à frente de Bolsonaro. Presidente oscila um ponto para baixo e agora tem 33%. Ciro aparece com 8%, e Tebet, com 5%.

https://p.dw.com/p/4GwXz

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue favorito na disputa pela Presidência nas eleições de outubro, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (15/09).

O petista aparece com 12 pontos percentuais à frente de Jair Bolsonaro (PL): enquanto Lula tem 45% das intenções de voto, o atual presidente tem 33%.

Em relação à última pesquisa Datafolha, divulgada em 9 de setembro, Lula permaneceu com a mesma porcentagem de pontos. Já Bolsonaro oscilou um ponto para baixo, mas ainda dentro da margem de erro.

Em seguida na sondagem, aparecem Ciro Gomes (PDT), com 8%, Simone Tebet (MDB), com 5%, e Soraya Thronicke (União Brasil), com 2%.

Felipe D'Ávila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Vera Lúcia (PSTU), Leo Péricles (UP), Constituinte Eymael (DC) e Padre Kelman (PTB) não chegaram a 1% cada um.

Eleitores indecisos somam 2%, enquanto brancos e nulos representam 4%.

Considerando apenas os votos válidos, que excluem brancos e nulos, Lula teria 48%, contra 36% de Bolsonaro. Para vencer no primeiro turno, são necessários 50% dos votos mais um.

No caso de um eventual segundo turno, o petista aparece novamente como favorito na disputa direta com o atual presidente. Segundo o Datafolha, Lula venceria com 54% dos votos, contra 38% de Bolsonaro.

Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados nomes de candidatos aos entrevistados, Lula aparece com 41% da preferência do eleitorado; e Bolsonaro, com 30%. Ciro foi citado por 4% dos eleitores; e Tebet, por 3%.

O Datafolha também questionou os entrevistados sobre o nível de confiança nas declarações de Bolsonaro. Enquanto 21% disseram confiar, 27% responderam que confiam às vezes, e 51% não confiam nunca.

A pesquisa ouviu 5.926 eleitores em 300 municípios entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Ipec

A nova sondagem do instituto Datafolha está em linha com outra divulgada na terça-feira (13/09) pelo Ipec, que também mostrou ampla vantagem de Lula sobre Bolsonaro. Nela, o petista apareceu com 46% das intenções de voto, contra 31% do atual presidente.

Os números sugerem que uma vitória de Lula no primeiro turno das eleições seria possível. Nos votos válidos, que não consideram brancos e nulos, o ex-presidente aparece com 51%, contra 35% de Bolsonaro.

As últimas pesquisas também sinalizam que a enxurrada de benefícios que o governo Bolsonaro implementou neste ano eleitoral – bem como os atos de 7 de Setembro, que acabaram sendo instrumentalizados pelo governo como comícios pró-Bolsonaro – ainda não está surtindo o efeito decisivo desejado pelo Planalto nas intenções de voto, embora o presidente de extrema direita tenha diminuído um pouco a desvantagem ao longo das últimas pesquisas.

ek (ots)

Pular a seção Mais sobre este assunto
Pular a seção Conteúdo relacionado