1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Shaqiri e o gesto polêmico com as mãos formando uma águia que lhe rendeu uma multa de 10 mil francos suíços da Fifa durante a Copa do Mundo
Shaqiri e o gesto polêmico que lhe rendeu uma multa de 10 mil francos suíços da Fifa durante a Copa do MundoFoto: Getty Images/C. Rose
Futebol

Liverpool afasta uma de suas estrelas por questões políticas

6 de novembro de 2018

Shaqiri, kosovar de origem albanesa, se envolveu em controvérsia durante a Copa ao comemorar gol contra a Sérvia fazendo gesto pró-Albânia. Técnico Jürgen Klopp opta por seu afastamento antes de jogo em Belgrado.

https://www.dw.com/pt-br/liverpool-afasta-uma-de-suas-estrelas-por-quest%C3%B5es-pol%C3%ADticas/a-46176583

O Liverpool decidiu não levar o atacante Xherdan Shaqiri, uma de suas estrelas, para a partida contra o Estrela Vermelha de Belgrado pela Liga dos Campeões da Europa, nesta terça feira (06/11), na capital da Sérvia. O motivo foi evitar discussões políticas em torno da presença do jogador, que nasceu no que hoje é território do Kosovo e se envolveu em controvérsia durante a Copa do Mundo da Rússia.

Shaqiri, que atual pela seleção da Suíça, possui ascendência albanesa, assim como a maioria dos 1,8 milhão de kosovares. Numa partida contra a Sérvia durante a Copa, ele comemorou seu gol na vitória suíça por 2 a 1 fazendo um gesto com as mãos que imitava a águia da bandeira da Albânia, o que foi visto como provocação pelos sérvios.

A atitude lhe rendeu uma multa de 10 mil francos suíços (8.730 euros) da Fifa por atitude antidesportiva, ainda que ele tivesse dito após o jogo que seu gesto não teve motivação política. "Estava muito feliz em fazer o gol, é só isso", afirmou então.

O episódio gerou temores de que Shaqiri pudesse ter uma recepção pouco amigável em Belgrado. Após mais de uma década da independência do Kosovo da Sérvia, as relações entre os dois países continua tensas. Belgrado se recusa a reconhecer a independência de sua ex-província.

Na capital sérvia, o técnico Jürgen Klopp disse que tirou Shaqiri da partida em razão da situação política. "Estamos aqui para jogar futebol. Shaqiri jogará muitas vezes conosco, mas não desta vez", disse o técnico do Liverpool.

"Estamos na Sérvia e respeitamos 100% isso. O mundo é assim. A política sempre influenciou a vida, pelo menos no planeta onde vivo", justificou, dizendo que quer a equipe concentrada apenas no jogo.

RC/rtr/ap

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter