Israel enviará missão para combater incêndios na Amazônia | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 03.09.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Israel enviará missão para combater incêndios na Amazônia

Bombeiros e especialistas em queimadas serão enviados ao Brasil para reforçar combate ao fogo na Floresta Amazônica, que atingiu níveis alarmantes em agosto. Decisão foi tomada por Netahyahu após conversa com Bolsonaro.

Fogo na Amazônia

Agosto teve o maior número de focos de queimadas registrado para o mês desde 2010

O governo de Israel anunciou nesta terça-feira (03/09) que enviará uma missão para o Brasil para auxiliar no combate aos incêndios na Amazônia. A decisão foi tomada pelo primeiro-ministro israelense, Benjamin Netahyahu, após conversa com Jair Bolsonaro na semana passada.

"Uma delegação israelense de bombeiros e equipes de resgate, especializada em incêndios florestais e rurais, partirá hoje para o Brasil", informou o porta-voz interino do Ministério do Exterior do país, Nizar Amer.

Formada por 11 pessoas, a equipe prestará assistência imediata no combate às queimadas e oferecerá conhecimento e experiência profissional a oficiais brasileiros, detalhou um comunicado divulgado pelo ministério.

Bolsonaro já havia anunciado na semana passada que aceitou ajuda do governo israelense, que enviou uma aeronave ao Brasil para apoiar o trabalho das Forças Armadas no combate à chamas na Amazônia. O auxílio foi disponibilizado após o presidente se tornar alvo de pesadas críticas de políticos europeus devido ao desmatamento e às queimadas na região.

Alguns países europeus ameaçaram suspender o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia (UE). Políticos alemães chegaram a pedir sanções ao Brasil devido às políticas antiambientais do governo Bolsonaro.

Segundo dados do Programa de Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em agosto deste ano foram registrados 30.901 focos de incêndio no bioma Amazônia. Foi o maior número para o mês desde 2010, quando houve 45.018 focos.

Essa não é a primeira vez que Israel oferece apoio ao Brasil para enfrentar catástrofes. No início do ano, o governo israelense enviou mais de 100 soldados ao país para ajudar nos trabalhos de resgate após o rompimento de uma barragem em Brumadinho, em Minas Gerais.

Os laços entre Israel e Brasil se fortaleceram desde que Bolsonaro assumiu o poder e estabeleceu uma estreita aliança com Netanyahu. O líder israelense esteve no Brasil no início do ano, quando fechou acordos de cooperação com o presidente brasileiro em áreas como defesa, economia, emprego, segurança, água e indústria.

Em abril, Bolsonaro realizou uma visita oficial a Israel, anunciando na ocasião a abertura de um escritório de negócios em Jerusalém, o que as autoridades israelenses interpretaram como um "primeiro passo" para a transferência da embaixada do Brasil para a cidade disputada.

CN/efe/dpa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube
App | Instagram | Newsletter

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados