Família real britânica se despede do príncipe Philip | Notícias internacionais e análises | DW | 17.04.2021

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Família real britânica se despede do príncipe Philip

Funeral do marido da rainha Elizabeth 2ª realizado em Windsor tem apenas 30 participantes, devido à pandemia do coronavírus. Cerimônia ocorre sob regras de distanciamento e com uso de máscaras.

Caixão do príncipe Philip cercado de oficiais durante funeral na Capela de São Jorge

Caixão do príncipe Philip no funeral na Capela de São Jorge. No canto à direita, a rainha Elizabeth 2ª

A família real britânica se reuniu neste sábado (17/04) para se despedir de príncipe Philip, que morreu no último dia 9, aos 99 anos. A cerimônia aconteceu na cidade de Windsor, na Inglaterra.

A pandemia de coronavírus obrigou que o funeral tivesse o número de participantes restrito. Em vez dos 800 convidados de todo o mundo, apenas 30 parentes mais próximos do marido da rainha Elizabeth 2ª puderam participar, seguindo regras de distanciamento e usando máscaras.

A cerimônia começou por volta das 10h30 (horário local), no Castelo de Windsor, uma das residências da realeza, ao som da banda dos guardas reais. O caixão com o corpo de Philip foi levado por oficiais a um Land Rover adaptado para a ocasião. Nove parentes próximos do príncipe seguiram o veículo a pé, incluindo seus quatro filhos e seus netos, os príncipes William e Harry. O féretro foi coberto com a bandeira com o estandarte pessoal do príncipe, sua espada e chapéu naval.

Príncipes Charles, Andrew, William e Harry acompanharam caixão a pé até Capela de São Jorge no funeral do príncipe Philip

Príncipes Charles, Andrew, William e Harry acompanharam caixão a pé até Capela de São Jorge

A rainha Elizabeth 2ª, de máscara, seguiu em outro carro, acompanhada de uma dama de companhia.

A família real usou roupas civis no funeral. De acordo com o Palácio de Buckingham, a rainha proibiu o uso de uniformes militares. De acordo com relatos da mídia, ela queria poupar seu neto Harry do constrangimento de ser o único a participar da cerimônia sem uniforme. Ele perdeu todos os seus títulos militares após seu surpreendente afastamento da família real britânica.

Minuto de silêncio

O cortejo terminou na Capela de São Jorge, onde o caixão foi recebido com um minuto de silêncio, o hino nacional e uma salva de tiros. A cerimônia na igreja, comandada pelo deão de Windsor e pelo arcebispo de Canterbury, teve discursos dos dois religiosos e cantos sacros executados por um coral de quatro membros. Os participantes do evento mantiveram o distanciamento social e usaram máscara.

Assistir ao vídeo 01:11

Quem foi o príncipe Philip?

Posicionadas à frente do caixão do duque de Edimburgo, foram colocadas as medalhas e condecorações que ele recebeu em vida.

O caixão com o corpo do príncipe Philip foi sepultado na cripta real da Capela de São Jorge ao final da cerimônia. Mas esse não é seu lugar de descanso final. Após a morte da rainha, ele deve ser trasladado para ficar ao lado de sua esposa, para quem há um túmulo previsto na pequena Capela Memorial do Rei George 6°.

Encontro de Harry com William

A cerimônia marcou a primeira aparição pública do príncipe Harry com a realeza desde que ele e sua mulher, Meghan, abandonaram suas funções reais e foram viver na Califórnia. Meghan, que está grávida do segundo filho do casal, não pôde viajar ao Reino Unido por recomendação médica.

Ao final do evento, Harry pôde ser visto conversando com o William, caminhando lado a lado com o irmão, após deixarem a Capela de São Jorge, acompanhados por Kate Middleton, mulher de William.

MD (DPA, AFP, Reuters)

Leia mais