Europeus querem permanência do Reino Unido na UE, diz pesquisa | Notícias internacionais e análises | DW | 20.04.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Europeus querem permanência do Reino Unido na UE, diz pesquisa

Sondagem mostra que alemães, franceses, espanhóis e poloneses são contra a saída dos britânicos da União Europeia. Entrevistados demonstram preocupação com efeitos econômicos de uma possível "Brexit".

Pouco mais de dois meses antes do referendo sobre a permanência ou não do Reino Unido na União Europeia (UE), uma pesquisa revelou, nesta quarta-feira (20/04), que os cidadãos europeus continentais estão mais preocupados com uma possível "Brexit" [saída do país do bloco] do que os próprios britânicos.

A sondagem feita no mês passado pelo instituto alemão Infratest dimap em cooperação com institutos na França, Espanha, Polônia e no próprio Reino Unido, concluiu que 78% dos alemães, 67% dos espanhóis, 59% dos franceses e 54% dos poloneses são favoráveis à permanência dos britânicos na UE.

Esses valores ultrapassam os 38% de britânicos que apoiam a permanência na União Europeia – a pesquisa apontou também que pouco mais de 34% dos cidadãos britânicos querem a saída do bloco europeu. Quase 30% da população ainda não se decidiu.

Embora o Reino Unido não faça parte da zona do euro e, portanto, não utilize o euro como sua moeda, os entrevistados demonstraram preocupações com os efeitos econômicos de um possível "Brexit". Apenas um décimo dos britânicos respondeu que a economia da UE iria melhorar, enquanto 38% afirmaram que ela iria piorar, e 21% disseram que nada mudaria com a saída do Reino Unido.

Já os entrevistados no continente europeu se mostraram menos otimistas. Cerca de um terço dos alemães, 43% dos espanhóis, 39% dos poloneses e 33% dos franceses preveem que o "Brexit" prejudicaria a economia europeia. Na Alemanha e na França, no entanto, mais da metade dos entrevistados acredita que a saída dos britânicos não prejudicaria a economia do bloco.

Sim x Não

Questionados sobre qual seria o resultado do referendo britânico, somente entre os franceses a resposta pela saída do Reino Unido superou o número percentual pela permanência – 52% dos franceses afirmam acreditar que os britânicos votarão pela saída (Alemanha 38%, Espanha 28% e Polônia 24%, os dois últimos países, porém, com uma cota alta de indecisos).

Já no Reino Unido, a mesma pergunta obteve o seguinte resultado: 40% dos cidadãos britânicos acreditam na vitória do sim à UE, enquanto 26% afirmaram que o país decidirá pela saída do bloco europeu. No entanto, 34% ou não sabiam ou optaram em não responder.

A pesquisa, realizada entre 4 e 14 de abril simultaneamente nos cinco países, colheu respostas de mil a 1.500 eleitores acima de 18 anos em cada um deles, exceto no Reino Unido, que também incluiu residentes impedidos de votar.

PV/lusa/dw

Leia mais