Dois alemães desaparecem no Egito | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 07.01.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Alemanha

Dois alemães desaparecem no Egito

Governo alemão investiga os casos. Ambos os desaparecidos eram jovens e possuíam dupla cidadania. Familiares acreditam que eles possam ter sido detidos por autoridades egípcias.

Aeroporto de Cairo

Um dos jovens foi detido ao chegar em Cairo

O Ministério do Exterior da Alemanha confirmou nesta segunda-feira (07/01) que dois cidadãos do país desapareceram no Egito.

"São casos diferentes de cidadãos alemães que estão desaparecidos. Estamos lidando com os casos há alguns dias e consideramos ambos muito sérios", afirmou um porta-voz do ministério.

Ambos os desaparecidos são jovens e têm, além da alemã, cidadania egípcia. Um dos homens, de 18 anos, é de Giessen. Segundo seu pai, o estudante desapareceu em 17 de dezembro, quando iria pegar um voo de Luxor para o Cairo, onde pretendia visitar o avô.

"Meu irmão esperava por ele no Cairo e ele não chegou", afirmou o pai do jovem à agência de notícias alemã dpa. "Já se passaram três semanas e não há pistas. Ninguém sabe se ele ainda está vivo". Ele acredita que seu filho tenha sido detido por forças de segurança do Egito, porém, não sabe os motivos que teriam causado a suposta detenção.

O segundo desaparecido, de 23 anos, é de Göttingen. Segundo sua mãe, ele foi detido no aeroporto do Cairo em 27 de dezembro ao chegar no país. Sua localização desde então é desconhecida, mas fontes teriam informado que ele estaria na sede da agência de inteligência.

Ainda não se sabe se os jovens tinham um histórico de ativismo de direitos humanos. Nos últimos anos, o Egito prendeu milhares de pessoas por motivos políticos e grupos de diretos humanos têm denunciado o desaparecimento de ativistas no país.

Segundo a organização Human Rights Watch (HRW), desde outubro do ano passado, ao menos 40 ativistas foram presos ou desapareceram no Egito.

CN/dpa/afp/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais