Dicas de turismo em Heidelberg | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 03.05.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Turismo

Dicas de turismo em Heidelberg

Beleza da cidade no Vale do Neckar já foi exaltada em verso e prosa pelos maiores poetas alemães. Poupada dos bombardeios na Segunda Guerra, ela é hoje um dos principais destinos turísticos da Alemanha.

Heidelberg

Centro histórico de Heidelberg, com rio Neckar ao fundo

Localizada no norte do estado de Baden-Württemberg, Heidelberg ficou conhecida por seu centro histórico pitoresco e pelas ruínas românticas do Heildelberger Schloss (Castelo de Heidelberg).

Com mais de 160 mil habitantes, a cidade também abriga não somente uma das melhores, mas também a mais antiga universidade do país, fundada há mais de 630 anos. Ali estudaram e lecionaram dezenas de vencedores do Prêmio Nobel.

Há séculos, a presença universitária marca a cidade, que hoje também é um centro científico e de serviços, principalmente no setor de turismo que cresce a cada ano. Em 2017, por exemplo, foram registrados quase 1,5 milhão de pernoites.

E não sem motivos: a cidade foi largamente poupada da destruição na Segunda Guerra Mundial, e sua localização no Vale do Neckarlhe garante uma paisagem natural idílica, ideal para quem quer passear e descansar.

A história milenar da cidade remonta aos celtas e aos romanos, mas foi durante a Idade Média que Heidelberg ganhou importância ao se tornar residência dos príncipes-eleitores do Palatino (o príncipe-eleitor era membro do colégio eleitoral do Sacro Império Romano-Germânico, podendo eleger o imperador).

A esses príncipes se deve a principal atração turística da cidade: as famosas ruínas do Castelo de Heidelberg (Heidelberger Schloss).Situado na colina Königsstuhl, ele foi construído por volta de 1.400 como residência real pelo príncipe-eleitor Ruprecht 3°. Ao longo dos séculos, foi ampliado, tornando-se um dos conjuntos renascentistas mais belos da Alemanha. No final do século 17, o castelo foi destruído pelos franceses quando ocuparam a região do Palatinado.

O castelo foi reconstruído em parte no final do século 19, mas o romantismo e os muitos nomes famosos que passaram por Heidelberg já haviam lhe garantido a fama, que só cresceu com o passar dos anos.

Uma prova disso é o Caminho dos Filósofos (Philosophenweg), uma das principais atrações da cidade e que deve o seu nome ao fato de poetas como Goethe e Hölderlin terem por ali passeado e se inspirado diante de tanta beleza.

Após a Segunda Guerra, a cidade intacta atraiu milhares de pessoas, registrando um forte aumento populacional. Até 2013, Heidelberg abrigou o Quartel-General do Exército Americano na Europa. A presença dos americanos também ajudou a divulgar o nome da cidade pelo mundo.

Heidelberg

Caminho dos Filósofos proporciona uma das mais belas vistas da cidade

Melhor época para visitar

Os meses mais quentes, de abril a setembro, são certamente o melhor período para conhecer a pitoresca cidade do Vale do Neckar. Além dos passeios, cafés e restaurantes ao ar livre, é a época em que se pode apreciar a beleza da paisagem ao longo do rio, especialmente a partir de um navio. É também nessa época que acontecem eventos como a festa de fogos de artifício (Schlossbeleuchtung) no Castelo de Heidelberg.

Julho é o mês mais quente, com temperatura média em torno dos 20°C, enquanto janeiro é o mais frio, com média em torno de 1°C. Junho é quando mais chove, e fevereiro é o mês com menos precipitações. Com seu cenário medieval, Heidelberg é bastante visitada no período natalino.

Onde se hospedar

O centro histórico de Heidelberg oferece acomodações para todos os bolsos, de pensões a hotéis nobres e tradicionais. Afinal, o turismo é uma das principais atividades econômicas da cidade.

Assistir ao vídeo 03:31

Cuidado para não se apaixonar por Heidelberg

Os primeiros albergues se instalaram nas imediações da Alte Brücke (Ponte Velha), pois era por ali que se entrava no Portão da Cidade (Stadttor). Ainda hoje se podem encontrar hotéis tradicionais naquela área. Na região próxima à Estação Central, há também alguns bons hotéis, com preços um pouco mais acessíveis.

O Autódromo de Hockenheim se situa a poucos quilômetros de Heidelberg. Assim, em época de Grand Prix de Fórmula 1, em julho, ou do campeonatos alemão DTM, no início de maio e meados de outubro, é bom reservar com antecedência.

É bom lembrar que, devido à proximidade dos bares, clubes e restaurantes, o centro histórico pode ser bastante movimentado. E para os mais jovens ou quem quer economizar, ficar no Jugendherberge (albergue da juventude) é uma boa opção.

Ao redor de Heidelberg há também diversos locais de camping. No estacionamento Messeplatz, no bairro de Kirchheim, é possível estacionar de graça o motorhome. De lá, várias linhas de ônibus levam ao centro da cidade.

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados